PUBLICIDADE
Topo

UOL Confere

Uma iniciativa do UOL para checagem e esclarecimento de fatos


UOL Confere

Governo federal não criou cadastro online para voto pelo celular

É falso que o eleitor pode votar pelo celular - Arte/UOL
É falso que o eleitor pode votar pelo celular Imagem: Arte/UOL

Douglas Maia

Colaboração para o UOL, em Curitiba

13/11/2020 04h00

É falsa a informação de que o governo federal criou um cadastro para que eleitores possam votar por meio do celular. Uma mensagem encaminhada em grupos no Whatsapp divulga um link de um site que não pertence a nenhuma fonte oficial.

Segundo o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), as mensagens com o falso cadastro "ao que tudo indica, são enviadas por criminosos para, por meio delas, coletar dados do cidadão, como o número do CPF, para serem usados em golpes".

A resolução Nº 23.611, que estabeleceu as regras para a realização das Eleições Municipais 2020, não prevê qualquer modalidade de "voto em casa".

A legislação determina uma série de adaptações para a segurança sanitária do processo eleitoral durante a pandemia causada pelo novo coronavírus, mas é bem clara ao afirmar que a votação acontecerá apenas nos locais de votação designados de cada município.

O link que circula junto com a informação falsa leva o usuário para um site registrado anonimamente no dia 11 de novembro de 2020 por uma empresa que oferece hospedagem de domínios. Nesse site, que utiliza ilegalmente a logo do TSE, é pedido ao eleitor que faça um cadastro com informações pessoais para acessar o tal "voto online pelo telefone celular".

Esse tipo de golpe digital tem se tornado mais comum durante a pandemia, com falsos links de cadastro para diversos benefícios, como brindes e até para o recebimento do auxílio emergencial do governo federal.

É importante lembrar que os sites oficiais possuem domínios próprios, que ficam sempre ao final dos endereços: os do governo federal terminal com "gov.br", os do poder Judiciário terminal em "jus.br" e os endereços do Legislativo apresentam o final "leg.br".

Atendimento pelo app do TSE

O TSE oferece atendimento digital pelo aplicativo oficial do tribunal, chamado e-Título. Ele pode ser baixado gratuitamente para aparelhos que utilizem os sistemas Android () ou iOS.

O aplicativo permite acessar diversas informações referentes à sua situação eleitoral e, em 2020, será possível também vez fazer a justificativa de ausência pelo app.

Com isso, a Justiça Eleitoral pretende reduzir as filas de eleitores que não estejam em seus domicílios eleitorais e precisem justificar ausência. No entanto, não é possível utilizar o aplicativo para votar de forma remota.

O UOL Confere é uma iniciativa do UOL para combater e esclarecer as notícias falsas na internet. Se você desconfia de uma notícia ou mensagem que recebeu, envie para uolconfere@uol.com.br.

UOL Confere