Órgãos de youtuber morta são doados a 4 pessoas; cabelo vai a instituto contra câncer

Fabiana Marchezi

Colaboração para o UOL

  • Guilherme Andrade/Divulgação

    Isabelly Santos, 14, teve morte confirmada na quarta-feira após levar tiro na cabeça

    Isabelly Santos, 14, teve morte confirmada na quarta-feira após levar tiro na cabeça

Os órgãos retirados da youtuber e modelo Isabelly Cristine dos Santos, 14, que morreu ao ser baleada após um desentendimento no trânsito, em Pontal do Paraná, na última quarta-feira (14), devem salvar a vida de quatro pessoas. O cabelo da jovem será doado ao Instituto Peito Aberto, de Paranaguá, que luta contra o câncer de mama.

De acordo com a Secretaria da Saúde do Paraná, o pâncreas da adolescente foi levado para São Paulo. Um dos rins está no Ceará, enquanto o outro foi para Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba. O fígado foi encaminhado para Hospital Nossa Senhora das Graças, da capital paranaense, onde um paciente já foi transplantado.

Leia também

Segundo o chefe do serviço de transplante hepático do hospital, Eduardo Ramos, a cirurgia aconteceu dentro do esperado.

"O transplante foi muito bem, sem nenhuma intercorrência, mas o paciente ainda está em estado grave, no sentido de estar na UTI, no respirador, ainda fazendo exames para ver como vão as coisas. São cerca de 24 horas do transplante, um tempo muito curto para dar alguma informação maior, mas por enquanto, está tudo dentro do esperado", disse o médico.

Já a hepatologista Cláudia Ivantes, que acompanha os pacientes no hospital, elogiou a atitude da família de Isa e disse que para o paciente que está na fila o momento do transplante é sempre bastante emocionante.

"Precisamos enobrecer a decisão da família de acatar o desejo da paciente em doar os órgãos. O momento do transplante é sempre de bastante emoção, é muito especial, tanto para a equipe quanto para o paciente", ressaltou.

Por questão de protocolo, a identidade dos pacientes que receberam ou receberão os órgãos da adolescente não foi revelada.

O cabelo da adolescente ainda está com a mãe de Isabelly e deve ser entregue ao Instituto Peito Aberto, da cidade onde a família da jovem mora, nos próximos dias.

Guilherme Andrade/Divulgação
Youtuber Isabelly Santos foi baleada na madrugada desta quarta-feira no Paraná

"A doação do cabelo ao instituto também já era um desejo dela. Ela já havia comentado que queria cortar o cabelo para doar ao instituto. Ela gostava de ajudar as pessoas", disse a amiga dela, Karina Maximo.

Já a diretora executiva do instituto, Fabiana Parro, contou ao UOL que ficou emocionada quando soube do desejo da youtuber.

"Nós estamos acostumados a receber cabelo de voluntários que cortam e vem entregar o cabelo para que façamos as perucas, mas o caso dela é totalmente novo, muito especial. O cabelo dela é lindo, lamentamos a morte dela e ficamos muito emocionados em saber que ela já pretendia fazer essa doação", disse.

Além de dar suporte às mulheres com câncer de mama em várias áreas, como psicologia, fisioterapia, nutricional e jurídica, o instituto confecciona, em média, 20 perucas por mês, através da oficina de perucas.

O caso

O corpo da adolescente foi sepultado na manhã desta sexta-feira (16), no Cemitério Municipal Nossa Senhora do Carmo, em Paranaguá.

Isabelly levou um tiro na cabeça na rodovia PR-412, no balneário Ipanema, em Pontal do Paraná, no litoral do estado, na madrugada desta quarta-feira (14). Ela voltava para casa com a mãe e dois assessores após uma gravação para seu canal do Youtube, o Isa Top Show.

A menina foi encaminhada em estado gravíssimo ao Hospital Regional do Litoral, em Paranaguá. Assim que teve a morte cerebral confirmada, a família autorizou a doação dos órgãos.

De acordo com o boletim de ocorrência, a que o UOL teve acesso, o caso aconteceu por volta das 2h da manhã, após um desentendimento no trânsito.

Entretanto, segundo o advogado e amigo da família, André Tavares, a mãe de Isabelly contou que os bandidos fecharam o carro em que a youtuber estava e um deles desceu atirando a esmo e que não houve briga no trânsito.

Horas depois do crime, a polícia localizou o carro e prendeu um empresário de 26 anos, morador de Curitiba, por suspeita de ter atirado na jovem. A prisão em flagrante foi feita perto do local do crime. O empresário, um irmão dele e um amigo foram encaminhados para a Delegacia de Matinhos, onde estão à disposição da Justiça. A arma utilizada pelo suspeito é legal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos