PUBLICIDADE
Topo

Racismo existe e pandemia jogou luz na desigualdade em São Paulo, diz Covas

Leonardo Martins

Colaboração para o UOL, em São Paulo*

26/11/2020 10h40

Bruno Covas (PSDB), atual prefeito de São Paulo e candidato à reeleição, reconheceu que o racismo é um problema a ser enfrentado pelas autoridades públicas e disse que a pandemia da covid-19 comprovou a desigualdade entre pretos e brancos na cidade.

"Em primeiro lugar, [devemos] reconhecer a existência do racismo. Infelizmente, a gente vê algumas personalidades políticas refutando a existência do racismo. Ele existe e é um desafio a ser enfrentado", disse o prefeito em sabatina do UOL em parceria com a Folha, comandada pela colunista do UOL Thaís Oyama e pela editora do Núcleo de Cidades da Folha, Luciana Coelho.

Sem citar nomes, Covas criticou "personalidades políticas" que refutam "a existência do racismo" —recentemente, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), disse que o racismo não existe no Brasil.

O tucano ressaltou, inclusive, que a própria pandemia do novo coronavírus escancarou a desigualdade racial.

A própria pandemia do coronavírus jogou luz sobre essa desigualdade na cidade de São Paulo. Dados da prefeitura mostram que o coronavírus afetou mais a população preta e parda na cidade do que a população branca.
Bruno Covas, prefeito e candidato à reeleição

A fase 3 do Inquérito Sorológico da prefeitura apontou que os jovens das classes D e E que estão desempregados ou que precisam trabalhar fora de casa são os mais infectados pelo novo coronavírus na cidade de São Paulo.

Covas também pontuou que tem tomado medidas para corrigir o racismo dentro da Prefeitura.

"A Prefeitura preenche a quantidade de cargos de confiança preenchida por pretos e pardos. Mas ainda precisamos avançar, ampliando espaços, corrigindo distorções, criando oportunidades, estabelecendo políticas afirmativas através do sistema de cotas", afirmou, acrescentando que foi inserido o combate ao racismo como um dos itens no currículo das escolas municipais. "Vamos evoluindo com isso, reconhecendo a existência, Negar não é a saída."

*Colaboraram Ana Carla Bermúdez, Afonso Ferreira, Lucas Borges Teixeira e Felipe Oliveira.

Você utiliza a Alexa? O UOL é o parceiro oficial da assistente de voz da Amazon, com boletins de notícias e dados atualizados das últimas pesquisas eleitorais e dos resultados do 2º turno. Para saber sobre a eleição na sua cidade com a credibilidade do UOL, pergunte: "Alexa, qual é o resultado da pesquisa eleitoral em São Paulo?", por exemplo, ou "Alexa, quem ganhou a eleição no Rio de Janeiro?". Nos encontramos lá!