PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Corpos em caminhão foram achados com especiarias para disfarçar cheiro

Cruzes coloridas são deixadas em vigília no local em que polícia encontrou caminhão com mortos no Texas - Tayfun Coskun/Agência Anadolu via Getty Images
Cruzes coloridas são deixadas em vigília no local em que polícia encontrou caminhão com mortos no Texas Imagem: Tayfun Coskun/Agência Anadolu via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

29/06/2022 11h22Atualizada em 29/06/2022 14h18

As autoridades americanas suspeitam que os corpos dos migrantes que foram encontrados em um caminhão no Texas na segunda-feira (27) tenham sido polvilhados com um tempero de carne para encobrir o odor da putrefação. Além das especiarias encontradas sobre as vítimas, os policiais também identificaram que a placa do veículo havia sido clonada, conforme reportou os jornais locais The Texas Tribune e San Antonio Express-News.

Ao menos 51 pessoas morreram após serem transportadas no veículo no Texas. Vinte corpos ainda precisam ser identificados, mas já são confirmadas vítimas do México, Guatemala e Honduras. O caminhão foi encontrado no final da tarde de segunda-feira (27) na cidade de San Antonio, próximo a uma linha férrea.

O veículo estava pintado para parecer parte da frota de uma empresa de transporte local e tinha ainda a cópia falsificada do número do registro do Departamento de Transportes vinculado à companhia.

"Nosso reefer [contêiner refrigerado] está no pátio", disse Felipe Betancourt Jr., que é dono da Betancourt Trucking com o pai. "Aquele em San Antonio não é nosso."

Apesar de ter sido feito para parecer um caminhão refrigerado, "não havia uma unidade de ar condicionado visível", conforme informou nesta semana o chefe dos bombeiros de San Antonio, Charles Hood.

Acredita-se que o caminhão sofreu uma falha mecânica quando foi abandonado e o motorista tentou fugir do local a pé, conforme relatou o The New York Times. Identificado como Homero Zamorano, 45, ele estava supostamente "dopado de metanfetamina" quando foi preso e teve que ser levado até um hospital. Até ontem à noite, ele ainda estava na unidade hospitalar. Outros dois homens também foram presos.

Após a descoberta sombria dos corpos dentro do caminhão na noite de segunda-feira, os investigadores conseguiram rastrear o registro do veículo até um endereço de San Antonio que eles colocaram sob vigilância, disseram as autoridades.

Além dos corpos encontrados dentro do caminhão, outras vítimas também foram localizadas próximas ao caminhão abandonado, o que sugere que algumas pessoas tentaram fugir do veículo quando ele ainda estava em movimento.

O caminhão foi encontrado em uma estrada perto da rodovia I-35, uma rota que cruza os Estados Unidos de norte a sul, desde a fronteira do México até a do Canadá. A cidade é uma rota principal para os traficantes de pessoas na região.

As autoridades suspeitam que os imigrantes tenham entrado no caminhão na cidade de Laredo, no Texas, que fica na fronteira com o México, e percorrido 240 quilômetros sob temperaturas que chegaram a 39ºC.

Internacional