Conteúdo publicado há 4 meses

Hamas divulga lista de palestinos que serão libertados por Israel no 4º dia

O grupo extremista Hamas divulgou a lista de prisioneiros palestinos que serão libertados da prisão em Israel hoje, no quarto dia de acordo.

O que aconteceu

Lista tem 33 nomes, sendo três mulheres e 30 meninos menores de idade. Relação de palestinos foi publicada no canal de notícias do Hamas no Telegram.

As crianças são de Jerusalém e de cidades da Cisjordânia ocupada, incluindo Ramallah, Jenin, Hebron e Nablus, entre outras.

Israel também confirmou ter recebido a lista com os 11 reféns que serão libertados nesta segunda-feira (27), quando a guerra entra no 52º dia.

Hamas e Israel iniciaram trégua na sexta-feira (24) para a troca de reféns. Seriam três prisioneiros palestinos para cada refém israelense liberto. Cerca de 50 crianças e mulheres mantidas reféns em Gaza deverão ganhar a liberdade nos quatro dias de cessar-fogo.

Trégua prorrogada por dois dias

O Hamas confirmou a extensão por dois dias na trégua com Israel em Gaza. O acordo de troca entre reféns terminaria hoje, mas a prorrogação foi anunciada no canal de informações do grupo extremista no Telegram.

"O Hamas declara que concordou com o Qatar e o Egito em prolongar a trégua humanitária temporária por mais dois dias, nas mesmas condições alcançadas anteriormente", diz o texto.

O Ministério das Relações Exteriores do Qatar, mediador do acordo, confirmou a decisão: "Um acordo foi alcançado para estender a trégua humanitária por mais dois dias na Faixa de Gaza", disse Majed Al Ansari, porta-voz da pasta, em um post no X.

Continua após a publicidade

Hamas libertou 47 reféns até o momento

Hamas divulga vídeo da libertação de primeiros reféns após cessar-fogo
Hamas divulga vídeo da libertação de primeiros reféns após cessar-fogo Imagem: Divulgação/Hamas, via Telegram

Até o momento, o Hamas já libertou 47 reféns entre os previstos no acordo. Todos tinham sido sequestrados no dia 7 de outubro.

O grupo extremista libertou 17 reféns no domingo (26), terceiro dia de trégua na guerra com Israel. Foram 13 israelenses, três tailandeses e um russo entregues ao Comitê Internacional da Cruz Vermelha. Israel, em troca, soltou outros 39 prisioneiros palestinos.

Outros 17 reféns foram soltos no sábado (25), no segundo dia da trégua, sendo 13 israelenses e 4 tailandeses. Em troca, 39 palestinos que estavam detidos em Israel voltaram à Cisjordânia.

Continua após a publicidade

Na sexta-feira (24), foram 13 reféns israelenses liberados. Além deles, 10 tailandeses e um filipino que também foram libertados no primeiro dia de acordo. Do lado israelense, 39 prisioneiros palestinos, sendo 24 mulheres e 15 adolescentes foram libertados.

Deixe seu comentário

Só para assinantes