Conteúdo publicado há 1 mês

Hamas divulga vídeo de refém sequestrado durante ataque a Israel em outubro

O grupo extremista Hamas divulgou vídeo na manhã de hoje de um dos reféns sequestrados durante ofensiva contra Israel, realizada em outubro.

O que aconteceu

Braço armado do Hamas foi o responsável pela divulgação do vídeo. As Brigadas Ezzedine al-Qassam publicaram a gravação de 2m43seg em um grupo do Telegram.

Nas imagens homem sequestrado se identifica como Hersh Goldberg-Polin, de 24 anos, e aparece com cabelo raspado e braço amputado. Ele conta que foi raptado durante a rave Universo Paralelo.

O vídeo não está datado, mas Goldberg-Polin diz que foi mantido em cativeiro por "quase 200 dias". Essa informação indica que teria sido filmado recentemente.

Saí em busca de entretenimento com meus amigos. Em vez disso, me vi lutando para sobreviver com ferimentos graves por todo o corpo. Eu espero estar em breve com vocês após esse período terminar Trecho da fala de Hersh Goldberg-Polin, no vídeo

Vídeos do ataque do Hamas mostraram os extremistas lançando granadas num abrigo. O local seria onde o jovem e outros que tentavam escapar do partido se escondiam, segundo o site de notícias The Times Of Israel. O braço do rapaz teria sido arrancado durante o ataque.

Governo israelense não se manifestou especificamente sobre esse vídeo. Mas, anteriormente, reagiu a vídeos semelhantes divulgados pelo grupo extremista dizendo que o que eles fazem é uma guerra psicológica deplorável.

Mais de seis meses após o início do conflito, em 7 de outubro, Netanyahu mantém seu projeto de ofensiva terrestre em Rafah, no sul da Faixa de Gaza, considerado o último reduto do Hamas no território.

Cerca de 250 pessoas foram sequestradas pelo grupo islâmico e 129 permanecem presas em Gaza. Pelo menos 34 morreram, segundo autoridades israelenses, e cerca de 100 foram libertadas durante uma trégua no final de novembro.

Deixe seu comentário

Só para assinantes