Topo

Mourão: transformar em crise incêndios "episódicos" na Amazônia "é má-fé"

21.fev.2019 - Vice-presidente da República, general da reserva Hamilton Mourão - Sérgio Lima/AFP Photo
21.fev.2019 - Vice-presidente da República, general da reserva Hamilton Mourão Imagem: Sérgio Lima/AFP Photo

Do UOL, em São Paulo

22/08/2019 20h49

O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) utilizou suas redes sociais para se posicionar em relação às queimadas na região amazônica. "A #Amazonia brasileira está segura! Lá morei e sei que incêndios são episódicos em período de seca. Transformá-los em crise, esquecendo as tragédias que o fogo causou nos EUA e Europa, é má-fé de quem não sabe que os pulmões do mundo são os oceanos, não a Amazônia.", escreveu Mourão.

Em entrevista à Folha, Mourão ainda opinou sobre a rusga entre o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o líder francês Emmanuel Macron, que também publicou em suas redes sociais uma mensagem de preocupação com os incêndios no bioma brasileiro.

Macron escreveu que as queimadas representam uma uma "crise internacional" e propôs que o assunto passe a fazer parte da agenda de reuniões do G7, que ocorrerá na França no próximo fim de semana.

O vice-presidente brasileiro rebateu: "já houve declarações do próprio presidente. Agora, tem de haver esclarecimento. O Macron não tem conhecimento do que está passando aqui, né. E essa questão das queimadas ocorrem em todo o período seco. Normalmente, ocorrem junto das cidades, junto de Manaus, Porto velho, Rio Branco", disse Mourão

Mais Meio Ambiente