PUBLICIDADE
Topo

Meio Ambiente

Conteúdo publicado há
1 mês

20 empresas produzem mais da metade do lixo plástico mundial, diz pesquisa

O lixo plástico descartado de forma errada polui também os oceanos - Getty Images
O lixo plástico descartado de forma errada polui também os oceanos Imagem: Getty Images

Colaboração para o UOL

18/05/2021 09h28Atualizada em 18/05/2021 11h55

Será que rejeitar o canudo de plástico faz diferença? O índice Plastic Waste Makers revelou que 20 empresas são responsáveis por 55% do lixo plástico ao redor do mundo. Os produtos de uso único do material contribuem para a crise ambiental e climática, apontou a pesquisa.

Dentre as companhias que estão deixando essa enorme pegada ao redor do globo, estão tanto estatais quanto multinacionais. As gigantes do petróleo e gás também aparecem na lista. A sede da norte-americana ExxonMobil na Austrália é a o empresa no primeiro lugar da poluição por plástico.

A corporação adicionou 5,9 milhões de toneladas de lixo ao mundo, segundo a análise da Minderoo Foundation of Australia, em parceria com Wood Mackenzie, London School of Economics e Stockholm Environment Institute.

Em segundo lugar, aparece a Dow, maior empresa química do globo, com 5,5 milhões de toneladas de resíduos plásticos. A Sinopec, companhia de petróleo e gás chinesa, descartou 5,3 milhões de toneladas.

O relatório informa também que, dessas 20 corporações, 11 se encontram na Ásia, quatro na Europa, três na América do Norte, uma na América Latina e outra no Oriente Médio.

O Plastic Waste Makers ressalta que os plásticos de uso único, geralmente, têm combustíveis fósseis como matéria-prima. O material não só contribui para a atual crise climática, como é um dos mais difíceis de ser reciclado. Dos produtos de uso singular, apenas 10% a 15% é reaproveitado anualmente.

Em 2019, apenas 2% dos produtos de utilização única foi feito de polímero reciclado. Muitas vezes, diz o relatório, os itens plásticos, como garrafas e até máscaras faciais, acabam em oceanos, são queimados ou descartados de forma incorreta em aterros sanitários.

Para retornar à pergunta do começo, é claro que rejeitar um canudinho importa. Mas a nova pesquisa ajuda a dar um panorama maior da questão ambiental e aponta o quanto do lixo mundial é produzido por um número pequeno de empresas.

O doutor Andrew Forrest, presidente da Minderoo Foundation, falou para o The Guardian que a poluição por plástico é uma das maiores ameaças ao planeta. "Com nossos oceanos sufocando e o plástico impactando nossa saúde, precisamos ver uma intervenção firme dos produtores, governos e do mundo das finanças para quebrar o ciclo de falta de ação", afirmou.

Meio Ambiente