PUBLICIDADE
Topo

Política

Nomeado como diretor da Anvisa diz que é 'pessoa de composição'

"Meu relacionamento com a Anvisa sempre foi muito bom, inclusive com Barra [Torres]", afirmou Daniel Pereira - Eduardo Militão/UOL
"Meu relacionamento com a Anvisa sempre foi muito bom, inclusive com Barra [Torres]", afirmou Daniel Pereira Imagem: Eduardo Militão/UOL

Eduardo Militão

Do UOL, em Brasília

05/06/2022 04h00

Nomeado pelo governo e sabatinado pelo Senado para ser diretor da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) a partir de 25 de julho, o secretário-executivo do Ministério da Saúde, Daniel Pereira, disse ter o perfil de uma "pessoa de composição".

A afirmação foi feita ao ser questionado pelo UOL sobre as disputas que marcaram o distanciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), e o presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres. Pereira evitou comentar o tema.

"Como servidor de carreira de agência reguladora eu sou uma pessoa de composição", afirmou o secretário-executivo à reportagem. "Esse é meu perfil. Apenas tenho acompanhado as notícias."

Pereira disse ter boa relação com os diretores da agência. "Meu relacionamento com a Anvisa sempre foi muito bom", respondeu. "Não há nenhum problema com nenhum diretor da Anvisa, inclusive com o presidente Barra. Sempre foi um bom diálogo, um relacionamento cordial. Não tenho nenhum problema de relacionamento com a Anvisa."

Pereira vai ocupar a vaga de Cristiane Jourdan. Ela, por sua vez, ameaça ir à Justiça para manter o mandato. Em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo, Cristiane disse que seu sucessor participou de reunião sobre seu processo interno para tentar se manter no cargo. O Ministério da Saúde respondeu ao jornal que a escolha do secretário-executivo seguiu os "critérios legais".

Na entrevista ao UOL, o escolhido para assumir a Anvisa disse que se reuniu com a diretora da mesma forma como fez com várias outras pessoas da agência. "Eu tive alguns encontros com a diretora Cristiane, assim como tive alguns com Alex [Campos], Barra, Meiruze [Freitas]", enumerou Pereira. "Faz parte da dinâmica do Ministério me relacionar com diretores de agências reguladoras."

Ele acrescentou: "É importante deixar claro que toda minha cabeça, hoje, todos os meus esforços se direcionam à gestão do ministério".

Programa incentiva melhores tratamentos

Pereira destacou os programas que o Ministério da Saúde vem realizando para, segundo ele, modernizar o atendimento e a administração do setor, como ajustes na Farmácia Popular e novos critérios para pagamento de atendimentos na área de cardiologia.

O programa Qualisus Cardio é voltado para a cardiologia. Segundo Pereira, a partir de uma série de critérios será feita remuneração maior para hospitais e prestadores de serviço que tiverem melhores resultados nos tratamentos.

Num eventual tratamento de cateterismo, a gente vai remunerar melhor aqueles com taxa menor de reinternação, um nível menor de infecção no centro cirúrgico."
Daniel Pereira, secretário-executivo do Ministério

Política