Conteúdo publicado há 1 mês

Reale Jr.: Conhecer minuta mostra intenção de Bolsonaro em dar golpe

Ao sugerir durante o ato na Paulista que conhecia a existência de uma minuta, Jair Bolsonaro mostra sua intenção em aplicar um golpe de Estado, afirmou o jurista Miguel Reale Jr. no UOL News desta terça (27).

Bolsonaro dizer que conhecia este texto mostra o seu envolvimento. Não o levou avante e não o tornou concreto, mas mostra sua intencionalidade. É um elemento indicativo que se soma a todos os outros. É todo um processo que se desenrola com ele por trás, e isso se vê evidentemente.

Ele chega a opinar sobre esse decreto e diz que 'seria conforme a Constituição'. Intervir no Tribunal Superior Eleitoral depois da eleição conforme a Constituição? Isso é uma maluquice. Miguel Reale Jr., jurista

Reale Jr. classifica como infantil o argumento de Bolsonaro de que houve fraude nas eleições. O jurista lembrou o caso dos bolsonaristas radicais que tentaram explodir um caminhão em Brasília, o que seria o estopim para colocar em prática a intervenção prevista na minuta.

Temos que olhar o que era esse ato de defesa [a minuta golpista]. Bolsonaro acreditava que ia ganhar a eleição, até pela 'PEC da Bondade'. Esse ato de defesa não estava previsto para ser apresentado antes das eleições, mas sim depois. Por nossa sorte, não estourou o caminhão que criaria um desastre no aeroporto de Brasília. Se houvesse, seria a desculpa para esse ato de defesa e haveria a intervenção militar.

Ele está criando sempre a mesma ladainha: 'há uma conspiração e uma fraude eleitoral'. Não era nenhum fato social, conturbação pública, nada disso; era intervir no tribunal que diz quem ganhou a eleição. É de uma lógica tão infantil... É próprio do bolsonarismo. Miguel Reale Jr., jurista

Sakamoto: Pedido de Bolsonaro por anistia vira piada no Planalto

Jair Bolsonaro virou motivo de chacota dentro do Palácio do Planalto pelo pedido de anistia aos envolvidos nos atos golpistas de 8/1, revelou Leonardo Sakamoto. O colunista, porém, disse que o governo avaliou o ato na Paulista como uma "demonstração de força" do ex-presidente.

Continua após a publicidade

Dentro do Planalto, fala-se muito da questão da anistia. Virou até uma certa piada interna. Ficou muito claro que a anistia era para ele [Bolsonaro], e não para quem está preso na Papuda ou na Colmeia. Bolsonaro e o bolsonarismo continuam com uma mega força. Isso o governo do PT não nega. Leonardo Sakamoto, colunista do UOL

O UOL News vai ao ar de segunda a sexta-feira em duas edições: às 10h com apresentação de Fabíola Cidral e às 17h com Diego Sarza. O programa é sempre ao vivo.

Quando: De segunda a sexta, às 10h e 17h.

Onde assistir: Ao vivo na home UOL, UOL no YouTube e Facebook do UOL.

Deixe seu comentário

Só para assinantes