Conteúdo publicado há 30 dias
OpiniãoPolítica

Tales: Aconselhado por Cunha, Lira tem tempo para atrapalhar governo Lula

Sob a orientação de Eduardo Cunha, Arthur Lira tem tempo suficiente para atrapalhar os rumos do governo Lula nos oito meses que lhe restam como presidente da Câmara, avaliou o colunista Tales Faria no UOL News desta quarta (17).

Lira foi o melhor aluno de Eduardo Cunha [ex-presidente da Câmara], que assinou o impeachment da Dilma Roussef quando aceitaram uma reclamação contra ele com o voto do PT. Lira reage da mesma maneira, dizendo que vai criar cinco CPIs.

Lira está sendo aconselhado e tem a consultoria do próprio Cunha, que voltou a circular nos bastidores da Câmara. Lira tem um conselheiro que é tão truculento quanto ele. Provavelmente não virá coisa boa daí. O governo tem que se preparar. Tales Faria, colunista do UOL

Tales fez um alerta para os riscos à economia brasileira caso Lira resolva travar a Câmara com assuntos irrelevantes para o governo Lula na reta final de seu mandato à frente da Casa.

Lira tem oito meses pela frente e pode aprontar muita coisa contra o governo neste período, enchendo o Plenário de pautas políticas que não interessam ao governo e confrontam o STF. Isso atrapalha a economia também, e ele sabe disso. Não dá para Lira mexer cirurgicamente contra o governo e não atrapalhar a economia do país. Isso é impossível.

O governo terá que se preocupar sobre como lidar com Lira, que quer manter a imagem de poderoso com truculência. Não é possível mantê-la sempre, mas ele tem muito tempo para atrapalhar o governo neste momento em que a situação econômica do mundo está complicada diante das guerras no Oriente Médio e na Rússia-Ucrânia Tales Faria, colunista do UOL

Josias: Governo precisa decidir o que quer fazer com Lira e se posicionar

O governo Lula deve chamar Arthur Lira para uma conversa séria por conta dos constantes atritos e da proximidade do início da campanha de sucessão à presidência da Câmara, avalia o colunista Josias de Souza.

Continua após a publicidade

Lira está submetendo o governo a um grande BBB ao colocar diante das câmeras sua convivência atribulada com o governo. Ele revela sua intenção de servir um 'kit vingança'. Em algum momento, o governo terá que decidir o que quer fazer com Lira, já que chegou a hora de se posicionar sobre a sucessão da Câmara. Lira decidiu queimar as pontes; o governo precisa se reposicionar e chamá-lo para uma conversa a sério. Josias de Souza, colunista do UOL

O UOL News vai ao ar de segunda a sexta-feira em duas edições: às 10h com apresentação de Fabíola Cidral e às 17h com Diego Sarza. O programa é sempre ao vivo.

Quando: De segunda a sexta, às 10h e 17h.

Onde assistir: Ao vivo na home UOL, UOL no YouTube e Facebook do UOL.

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Deixe seu comentário

Só para assinantes