PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Procura por pré-cadastro da vacinação infantil dispara após anúncio em SP

A expectativa do Governo de SP é vacinar as 4,3 milhões de crianças com idades entre 5 e 11 anos no período de três semanas - iStock
A expectativa do Governo de SP é vacinar as 4,3 milhões de crianças com idades entre 5 e 11 anos no período de três semanas Imagem: iStock

Do UOL, em São Paulo

13/01/2022 15h42

O site para o pré-cadastro de crianças na faixa etária de 5 a 11 anos para a vacinação contra a covid-19 disparou em acessos após o anúncio do governo de São Paulo sobre o período de inscrição. O registro é feito pela plataforma VacinaJá, que organiza os dados da campanha de imunização no estado.

De acordo com o governo estadual, os acessos cresceram 11 vezes e somaram 303 mil só ontem, no primeiro dia de liberação do cadastramento. O número supera a média de acessos de dezembro em 1.039%.

Hoje, o Brasil recebeu o primeiro lote de vacinas infantis da Pfizer. Foram entregues 1,2 milhão de doses, que serão distribuídas aos estados e ao Distrito Federal até amanhã, segundo o Ministério da Saúde.

Em janeiro, o país deve receber 4,3 milhões de doses infantis. Em fevereiro, a previsão é de mais 7,2 milhões e, em março, 8,4 milhões. Até o fim do primeiro trimestre, devem chegar ao Brasil quase 20 milhões de doses pediátricas. Para completar a vacinação infantil, de duas doses, o país precisará de pouco mais de 40 milhões de doses.

Vacinação infantil começa na segunda-feira em São Paulo

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), confirmou hoje que a vacinação de crianças contra a covid-19 começará na próxima segunda-feira (17). A data já havia sido adiantada pelo secretário de Saúde do município, Edson Aparecido.

A previsão é de que a capital receba as doses pediátricas até o próximo sábado (13), quando as vacinas serão distribuídas pelo Ministério da Saúde. A imunização seguirá o critério por idade, estabelecido pelo governo federal, e diferente do orientado pelo governo do estado, que decidiu priorizar crianças com comorbidades.

Para a vacinação das crianças de 11 anos na cidade são necessárias 168 mil doses. Para imunizar todo o resto do público infantil, de 5 a 10 anos, com a primeira dose, ainda são necessárias mais 1,35 milhão de doses.

Coronavírus