PUBLICIDADE
Topo

Itália põe bandeiras a meio-mastro para homenagear vítimas do coronavírus

31.mar.2020 - Bandeiras da Itália em edifícios públicos de todo o país foram colocadas a meio-mastro para homenagear os milhares de mortos pelo novo coronavírus  - Andreas Solaro/AFP
31.mar.2020 - Bandeiras da Itália em edifícios públicos de todo o país foram colocadas a meio-mastro para homenagear os milhares de mortos pelo novo coronavírus Imagem: Andreas Solaro/AFP

31/03/2020 07h37

Bandeiras da Itália em edifícios públicos de todo o país foram colocadas a meio-mastro na manhã de hoje para homenagear as vítimas da pandemia do novo coronavírus.

A iniciativa foi promovida pela Associação Nacional das Prefeituras Italianas (Anci), mas se estendeu para todas as instituições, como a Presidência da República, o Ministério das Relações Exteriores e até o Vaticano.

"No dia de hoje, em solidariedade à Itália, a Santa Sé deixará as bandeiras a meio-mastro, em luto, para expressar sua proximidade às vítimas da pandemia na Itália e no mundo, às suas famílias e aos que generosamente lutam pelo seu fim", disse o diretor da sala de imprensa vaticana, Matteo Bruni.

Além disso, ao meio-dia (horário local), os prefeitos italianos fizeram um minuto de silêncio em frente às sedes das administrações municipais. "Temos de recordar com máxima honra todas as vítimas desta guerra que estamos levando adiante como Estado contra esse vírus", afirmou o ministro das Relações Exteriores da Itália, Luigi Di Maio.

A pandemia já contaminou mais de 100 mil pessoas no país e matou 11.591, de acordo com o último balanço da Defesa Civil. O ritmo de contágios, no entanto, vem desacelerando dia a dia, o que indica que a curva de contaminação pode estar perto do pico.

Coronavírus liga alerta pelo mundo

Coronavírus