Homem-bomba de ataque na Turquia é identificado como membro do EI, diz ministro

Ece Toksabay

Em Ancara (Turquia)

A Turquia identificou o homem-bomba por trás do ataque de sábado (19) em Istambul como membro do EI (Estado Islâmico). Ele nasceu na cidade turca de Gaziantep, afirmou, neste domingo (20), o ministro do Interior, Efkan Ala.

"Nós determinamos que Mehmet Ozturk, nascido em 1992, em Gaziantep, realizou o ataque hediondo no sábado, em Istambul. Ficou estabelecido que ele é um membro da Daesh", disse Ala na entrevista coletiva transmitida ao vivo pela TV.

Daesh é um termo em árabe para Estado Islâmico.

Mortos

O ataque suicida ocorreu em uma área comercial de Istambul, na Turquia, e deixou pelo menos quatro mortos, informaram autoridades do país. Outras 36 pessoas ficaram feridas, entre elas 12 estrangeiros, quando uma bomba foi detonada próximo a um prédio do governo.

O ataque deste sábado em Istambul, que é a maior cidade de Turquia, ocorreu por volta de 11h (6h em Brasília).

O presidente do país, Recep Tayyip Erdogan, afirmou que "grupos terroristas" passaram a atacar civis por "estarem perdendo a guerra" contra forças do governo turco.

A Turquia faz parte da coalizão liderada pelos Estados Unidos contra o EI e permite a aviões de aliados usarem a base aérea de Incirlik para lançar ofensivas no Iraque e na Síria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos