PUBLICIDADE
Topo

Venezuelanos continuam em longas filas no sexto dia do funeral de Chávez

Mulher chora do lado de fora do funeral de Hugo Chávez, na sexta-feira (8) - Ronaldo Schemidt/AFP Photo
Mulher chora do lado de fora do funeral de Hugo Chávez, na sexta-feira (8) Imagem: Ronaldo Schemidt/AFP Photo

Do UOL, em São Paulo

11/03/2013 12h53

No sexto dia do funeral do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, morto na terça-feira (5) por complicações de um câncer na região pélvica, os venezuelanos permanecem em filas, esperando para entrar na Academia Militar de Caracas, onde o corpo está sendo velado.

Vindos de todas as partes do país, os enlutados esperam até quatro horas para se aproximarem por cerca de três segundos do corpo do líder da Revolução Bolivariana.

"Nós viemos nos despedir do comandante e sabemos que ele vai estar conosco para sempre. Juro que irei lutar para defender seu país com minha vida se necessário ", afirmou Mel Lara, um dos seguidores de Chávez.

"Essas filas enormes mostram nosso amor por Chávez. Vamos seguir o chamado do comandante, que deixaremos de herança para nossos filhos", disse Luis Nunez de Barquisimeto.

Internacional