PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Mulher se recupera em "milagre absoluto"; família já pensava em funeral

Nikki volta para casa depois de recuperação milagrosa - Reprodução/The Keizer Times
Nikki volta para casa depois de recuperação milagrosa Imagem: Reprodução/The Keizer Times

Do UOL, em São Paulo

15/04/2020 19h53

Uma mulher de 42 anos se recuperou de forma "milagrosa" depois de passar 16 dias na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) por complicações da covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, em Oregon, nos Estados Unidos. As informações são do site "The Keizer Times".

Nikki Matiskainen foi diagnosticada com esclerose múltipla aos 19 anos, e se preparava para uma cirurgia no Hospital Silverton, no início de março. Dois dias depois, tudo mudaria na vida da moça: ela foi levada para a sala de emergência sentindo sintomas como febre e dificuldade na respiração. Nikki foi testada para covid-19.

"Ficou muito difícil. Ela estava em diálise e seu fígado estava ruim. Não achávamos que ela conseguiria [superar]", relatou Jill, a mãe dela, que já preparava o funeral da filha.

O inacreditável, até mesmo para os próprios médicos, ocorreu depois, quando Nikki começou a se recuperar, quase que de forma inexplicável.

Ela deixou a UTI e foi transferida para um quarto comum, onde continuou a se recuperar, e na segunda ganhou alta médica. Nikki foi recebida por amigos e familiares, que seguravam cartazes e balões e gritavam pelo nome dela.

"Só de estar aqui hoje, esperando ela chegar, é um alívio. Quando estava na UTI, estava muito fraca e mal conseguia falar. Tem sido uma montanha-russa de bons e maus dias. Saber que poderei falar com ela em breve —sabendo que ela vai conseguir— é incrível", comemorou a mãe, ao ver a filha de volta para casa.

Internacional