Topo

Ministro do Meio Ambiente chama presidente francês de 'Mícron' no Twitter

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles - Lucas Seixas/UOL
O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles Imagem: Lucas Seixas/UOL

Afonso Ferreira

Do UOL, em São Paulo

24/08/2019 13h16Atualizada em 24/08/2019 13h32

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, ironizou a postura do presidente francês, Emmanuel Macron, que tem feito críticas ao governo Jair Bolsonaro (PSL) por causa das queimadas na Amazônia. Em uma mensagem publicada em sua conta no Twitter, o ministro chamou o líder francês de "Mícron".

"Mais fogo em Angola e Congo do que na Amazônia, e o Mícron não fala nada. Por que será? Será que é porque eles não concorrem com os ineficientes agricultores franceses?", disse Salles.

No tuíte, o ministro compartilhou o link de uma reportagem em inglês da agência Bloomberg que afirma que o Brasil está em terceiro lugar no mundo em relação às queimadas de florestas, atrás de Angola e Congo.

Antes de Salles, o deputado federal e filho do presidente, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), já havia compartilhado um vídeo em suas redes sociais no qual Macron é chamado de "idiota".

O presidente francês virou a principal voz crítica internacional às queimadas na Amazônia. Após dizer que o tema deveria ser tratado como uma crise mundial, Macron disse que Bolsonaro "mentiu" para ele sobre os esforços brasileiros em relação a temas ambientais.

O presidente brasileiro, por sua vez, retrucou, dizendo que Macron quer se apropriar da Amazônia e criticando o fato de o francês usar uma foto da década de 1990 para falar sobre os incêndios.

Bolsonaro fala sobre queimadas na Amazônia e evoca soberania nacional

UOL Notícias

Mais Meio Ambiente