Topo

Posse de Jair Bolsonaro


O que os vestidos de Michelle na posse dizem sobre a primeira-dama

Xinhua/Li Ming
Michelle Bolsonaro usou um vestido cor de rosa para a posse do marido, Jair Bolsonaro Imagem: Xinhua/Li Ming

Luiza Oliveira

Do UOL, em São Paulo

2019-01-02T00:24:04

02/01/2019 00h24

A nova primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, virou um dos assuntos mais comentados das redes sociais nesta terça-feira (1º) durante a cerimônia de posse do marido, Jair Bolsonaro (PSL). Michelle quebrou o protocolo e discursou antes de Bolsonaro no Planalto fazendo uso da língua de sinais, com tradução simultânea. 

Os vestidos usados ao longo do dia também foram parar nos debates das redes sociais e indicam, segundo a estilista que criou os modelos, como será sua atuação da primeira-dama no novo posto: carismática e decidida.

Michelle usou dois modelos. Primeiro, fez o cortejo em carro aberto com Bolsonaro e subiu ao parlamento com um vestido feito com zibeline de seda rosa e decote ombro a ombro. Mais tarde, apareceu com um vestido longo preto de renda com mangas e gola transparente para o coquetel no Itamaraty.

A estilista carioca responsável por desenvolver as peças, Marie Lafayette, que tem seu ateliê em Botafogo, conta que a primeira-dama é uma mulher muito simples e meiga, mas com personalidade forte e decidida. Por isso, a opção foi por peças também simples, porém elegantes, de estilo clássico. A delicadeza dos tecidos, relata ela, remete à doçura de Michelle.

Marcos Brandão/Senado Federal
Bolsonaro, Michelle e o chanceler Ernesto Araújo chegam para coquetel no Itamaraty Imagem: Marcos Brandão/Senado Federal
Marie Lafayette conta ainda que o marido não interferiu na escolha dos modelos de Michelle. "Ela decide muito o que ela quer, ela tem poder de decisão."

O ponto alto da participação de Michelle na posse, quando ela discursou para o público que aguardava a fala do presidente, influenciou no modelo da roupa. O vestido foi pensado para deixar as mãos da primeira-dama livres para articular a fala em libras. 

"A gente fez de uma forma com que ela pudesse mexer os braços. Como ela fez um discurso em libras, ela tinha que ter um certo movimento na linha do ombro para mexer os braços, a gente pensou na mobilidade."

O vestido preto sóbrio usado no coquetel teve características semelhantes. O modelo era longo e com leve cauda sereia. Segundo a estilista, a peça foi feita à mão, com detalhes de rendas nas costas e nas mangas.

"A Michelle não é muito de brilho. Então usamos uma renda mais fosca, mantendo a mesma linha do outro. Ele só tem um detalhe com um leve brilho na cintura", conta.

Michelle quebra protocolo, discursa em libras e beija Bolsonaro

UOL Notícias

Vestidos leiloados

Ao ser perguntada sobre o preço cobrado pelos vestidos, a estilista preferiu não falar em valores e disse que foi feita uma parceria com a primeira-dama. Marie conta que propôs à primeira-dama um destino especial para as peças. Michelle pretende reunir vários looks usados durante o mandato do marido para fazer um leilão beneficente, com renda revertida para instituições de caridade.

Marie e Michelle já se conheciam. Foi a estilista que desenhou o vestido de casamento dela com Bolsonaro, em 2013. Ela contou que a ideia de fazer as peças da posse surgiu de maneira natural, durante uma conversa em que recordavam do casamento.

A Michelle tem um lado muito meigo, é carismática, quem conhece ela, sabe. Mas ao mesmo tempo tem uma personalidade forte. O Brasil está muito bem de primeira-dama. Ela será muito ativa

O trabalho foi intenso para vestir a primeira-dama. Foram necessárias 14 horas diárias de trabalho durante 20 dias e ao menos três provas para deixar tudo pronto.

A estilista conta que não pretende reproduzir o modelo para venda. "Esses vestidos não serão copiados, fazem parte de um momento histórico. Eu não vou replicar esses modelos. Eu fiz para a Michelle e fazem parte da história de um país. Não tem valor", conta.

Mais Posse de Jair Bolsonaro