Conteúdo publicado há 1 mês

Rússia pede para Biden associar xingamento ao próprio filho

A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, afirmou, nesta quinta-feira (22), que o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, deveria associar o xingamento direcionado a Vladimir Putin ao seu próprio filho, Hunter Biden.

"Ele deveria se lembrar que é melhor que os americanos associem o xingamento ao seu próprio filho, Hunter Biden", disse a russa.

O que aconteceu

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, chamou o líder russo, Vladimir Putin, de "filho da puta louco" em um evento de arrecadação de fundos do Partido Democrata, realizado na quarta-feira (21), na Califórnia.

Em inglês, Biden usou as três letras "SOB", abreviação de "son of a bitch", insulto que pode ser traduzido para o português como "filho da puta".

Temos um filho da puta louco como esse Putin, e outros, e sempre temos que nos preocupar com o conflito nuclear, mas a ameaça existencial para a humanidade é o clima. Biden em um breve discurso no evento em San Francisco, que contou com a presença de um pequeno grupo de jornalistas

Nesta quinta (22), o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, também afirmou na televisão pública russa que as declarações de Biden foram "vergonhosas".

"Isso é uma grande vergonha para os EUA. Se um presidente usa esse tipo de linguagem, é vergonhoso", reagiu o porta-voz russo. "Declarações mal-educadas assim não chegam a ferir o dirigente de um outro Estado, menos ainda o presidente Putin", acrescentou Peskov.

Na avaliação do Kremlin, por "interesses políticos nacionais", Biden "quis se mostrar como um 'cowboy' de Hollywood, mas não funcionou".

Esta não foi a primeira vez que Biden utilizou esse termo para descrever certas pessoas.

Continua após a publicidade

Em janeiro de 2022, o presidente americano insultou um jornalista do canal de TV ultraconservador Fox News com o mesmo xingamento, enquanto ele pensava que seu microfone estava desligado.

*Com informações da agência RFI

Deixe seu comentário

Só para assinantes