Moradores relatam medo de morrer na operação policial no Guarujá (SP)

Esta é a versão online da newsletter Pra Começar o Dia enviada hoje (01). Quer receber antes o boletim e diretamente no seu email? Clique aqui. Os assinantes UOL ainda podem receber dez newsletters exclusivas toda semana.

********

Estado tocando o terror. No litoral de São Paulo, há um rastro de sangue e medo na Vila Baiana, favela do Guarujá. O UOL ouviu moradores que dizem ter testemunhado um crime e relatam abusos de autoridade na operação policial deflagrada após o assassinato de um policial da Rota. Uma autônoma de 28 anos teme pela vida do irmão, outro morador diz que o ambulante morto, Felipe Nunes, não tinha arma e não reagiu aos policiais. Uma catadora de recicláveis procurou a Polícia Civil para registrar ameaças de morte contra seus dois filhos, mas foi desaconselhada a seguir adiante. Leia aqui.

O drama em Guarujá merece a atenção de colunistas nesta manhã de terça (1º). Jamil Chade escreve que o Estado brasileiro recebeu alerta da ONU (Organização das Nações Unidas) sobre a violência policial no país quatro dias antes da operação paulista. Sobre a atuação do governador Tarcísio de Freitas, que definiu o trabalho dos policiais como "profissional" e "sem excessos", Josias de Souza destaca que, pela Constituição, todos são inocentes até prova em contrário. "As palavras de Tarcísio são absurdas, temerárias e irresponsáveis", afirma o colunista.

Números discrepantes de mortes. Em ações policiais, estatísticas controversas causam arrepios e fazem pensar em cadáveres ocultos. No caso da operação em Guarujá, a Secretaria de Segurança Pública confirmou oito mortes na segunda (31), depois acrescentou mais duas. A Ouvidoria das Polícias de São Paulo já havia contabilizado 10 mortes, e à noite apurava denúncias de mais nove por intervenção policial entre domingo e segunda. Total de vítimas: 19, quase o dobro de 10.

Na favela Vila Baiana, moradores relataram que ouviram gritos de socorro do vendedor ambulante Felipe Vieira Nunes, de 30 anos. Ele teria sido torturado e morto por policiais da Rota na sexta (28), na rua onde morava. O secretário Guilherme Derrite negou que houve tortura.

Uma raridade, duas superluas neste mês. Agosto começa e termina com "superluas" para observar no céu. A primeira já acontece nesta terça (1º), a Superlua de Esturjão. A segunda, no final do mês, dia 30, será a Superlua Azul. Mais próximo da Terra, o satélite vai aparecer mais brilhante, mesmo sem telescópio.

Reportagem de Tilt explica qual a melhor hora para observação. Hoje, a partir do pôr do Sol, por volta das 17h40, sendo que as cores diferentes (amarelada, alaranjada) surgem devido às interações com a atmosfera. Antes de anoitecer, enquanto ainda são vistos verdes e azuis em volta, a Lua se destaca mais. Leia aqui.

Isenção de impostos. Somente para as empresas que aderirem ao programa Remessa Conforme, do governo federal, a partir de hoje (1º) as compras internacionais de até US$ 50 (cerca de R$ 237) feitas online não terão mais a cobrança de imposto federal de importação.

Continua após a publicidade

Transportadas pelos Correios ou empresas privadas, as compras terão cobrança fixa de ICMS, de 17%. A Shein é uma das empresas que promete aderir ao programa. Veja em 7 pontos o que muda nos preços, na rapidez das entregas e na arrecadação de impostos.

Mãe, faz um gol pra mim amanhã. Há mães entre as melhores jogadoras de futebol do mundo, em ação na Copa feminina na Austrália e Nova Zelândia. Na seleção francesa, Amel Majri foi a primeira atleta grávida no meio da carreira. Nos EUA, há um protocolo especial para gerenciar a maternidade: Alex Morgan, Crystal Dunn e Julie Ertz têm filhos.

Na seleção brasileira, Tamires tinha apenas 21 anos quando Bernardo nasceu. Mudou tudo, mas ela está jogando a terceira Copa. Antes de viajar, em Orlando, a atacante Marta revelou ao sportv que planeja ser mãe e já tem um nome escolhido, se for menino. Nesta terça, véspera do confronto entre Brasil e Jamaica, Marta ficou emocionada ao lembrar da persistência. "Em 2003, era a minha primeira Copa. Vinte anos depois, a gente virou referência para muitas mulheres, no mundo inteiro". Leia a entrevista completa.

Copa do Mundo Feminina. A técnica Pia Sundhage falou sobre não subestimar a Jamaica no jogo decisivo de quarta (2). "É um time físico. O Brasil é rápido, mas elas também são". A Holanda venceu o Vietnã de goleada hoje cedo, enquanto Portugal e Estados Unidos empataram em 0 a 0. Holandesas e norte-americanas avançam às oitavas. Acompanhe os placares na tabela de UOL Esporte. Às 8h, tem China x Inglaterra e Haiti x Dinamarca.

Luzio é um indígena das Américas. Tem o nome de Luzio o esqueleto humano mais antigo identificado no estado de São Paulo, e ele descende de indígenas que povoaram a América há cerca de 16 mil anos. Divulgada na segunda (31) na revista Nature Ecology & Evolution, a pesquisa reuniu o maior conjunto de dados genômicos arqueológicos brasileiros, e ajuda a desvendar como desapareceram os grupos litorâneos responsáveis por sambaquis.

Luzio foi encontrado em sambaqui fluvial, no Vale do rio Ribeira de Iguape, pela equipe de Levy Figuti (USP). "A genética mostra que Luzio é um ameríndio, como um tupi, um quéchua ou um cherokee" afirma o arqueólogo André Strauss. O indígena tem um crânio parecido com o de Luzia, o fóssil humano mais antigo da América do Sul. Leia em Ecoa.

Deixe seu comentário

Só para assinantes