PUBLICIDADE
Topo

Governadores elegem cinco prefeitos em dois turnos nas capitais brasileiras

29.nov.2020 - Prefeito reeleito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB) comemora vitória com o Governador João Doria (PSDB) no comitê de campanha  - Reinaldo Canato/UOL
29.nov.2020 - Prefeito reeleito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB) comemora vitória com o Governador João Doria (PSDB) no comitê de campanha Imagem: Reinaldo Canato/UOL

José Dacau

do UOL, em São Paulo

29/11/2020 21h21

Cinco governadores conseguiram eleger o candidato a prefeito que apoiaram nas capitais brasileiras nestas eleições. Três candidatos conquistaram a vitória no segundo turno, realizado neste domingo (29). Foram eles: Bruno Covas (PSDB), em São Paulo; João Campos (PSB), em Recife, e Evaldo (PDT), em Aracaju.

Outros dois nomes apoiados por governadores perderam a eleição neste domingo. Alfredo Gaspar de Mendonça (MDB), em Maceió, e Vanderlan Cardoso (PSD), em Goiânia.

Apenas a capital do Amapá, Macapá, ficou de fora da eleição municipal de 2020. A votação foi adiada por causa do apagão que atingiu o estado. O primeiro turno na cidade deverá acontecer no dia 6 de dezembro. Se for necessário, o segundo turno está previsto para o dia 20.

São Paulo

No estado de São Paulo, o prefeito Bruno Covas (PSDB) conquistou a prefeitura com 59,38% dos votos válidos contra 40,62% obtidos por Guilherme Boulos (PSOL). O tucano teve apoio do governador João Doria (PSDB).

Recife

Em Pernambuco, João Campos (PSB), se elegeu prefeito de Recife com 56,27% do eleitorado. Ele era a aposta do governador Paulo Câmara, do mesmo partido. A candidata Marília Arraes (PT) obteve 43,73% dos votos.

Sergipe

O candidato Evaldo (PDT), apoiado por Belivaldo Chagas (PSD), conquistou o cargo de prefeito em Aracaju com 57,86 % dos votos. Enquanto a sua adversária, a Delegada Danielle (Cidadania) ficou com 42,14%.

Derrota nas urnas

Alfredo Gaspar de Mendonça (MDB), que teve como padrinho político, o governador de Alagoas, Renan Filho (MDB) ficou com 41,36% e perdeu a eleição em Maceió, para JHC (PSB) com 58,64%.

Em Goiânia, mesmo internado em decorrência da covid-19, Maguito Vilela (MDB) conseguiu se eleger, com 52,60% no segundo turno. Ele venceu Vanderlan Cardoso (PSD), que teve 47,40% e era apoiado pelo governador Ronaldo Caiado (DEM).

Vilela está entubado em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com covid-19, desde o final de outubro, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Primeiro turno

No Paraná, o prefeito Rafael Greca (DEM), apadrinhado pelo governador Ratinho Junior (PSD), se reelegeu prefeito de Curitiba no primeiro turno com 59,74 % dos votos. Marquinhos Trad (PSD), apoiado por Reinaldo Azambuja (PSDB), também se reelegeu em Campo Grande (MS) com 52,58 % do eleitorado.

Você utiliza a Alexa? O UOL é o parceiro oficial da assistente de voz da Amazon, com boletins de notícias e dados atualizados das últimas pesquisas eleitorais e dos resultados do 2º turno. Para saber sobre a eleição na sua cidade com a credibilidade do UOL, pergunte: "Alexa, qual é o resultado da pesquisa eleitoral em São Paulo?", por exemplo, ou "Alexa, quem ganhou a eleição no Rio de Janeiro?". Nos encontramos lá!