PUBLICIDADE
Topo

Última mensagem de voo desaparecido foi do piloto, diz TV

Do UOL, em São Paulo

10/04/2014 09h18Atualizada em 14/04/2014 19h02

Fontes ligadas às investigações sobre o desaparecimento do voo MH370 da Malaysia Airlines confirmaram que a última comunicação entre o avião e o Controle de Tráfego Aéreo foi feita pelo piloto Zaharie Ahmad Shah, afirmou nesta quinta-feira (10) a rede de TV americana CNN.

Segundo as fontes malaias, foi Shah quem disse "Boa noite, Malaysia três zero sete". Não havia distorções nem sinais de estresse na voz do piloto. 

A gravação foi apresentada por policiais a pessoas que conheciam o piloto e o copiloto. 

"Não havia vozes de terceiros", afirmaram ainda as fontes, de acordo com a CNN.

Nesta quinta-feira, um avião de patrulha marítima da Austrália captou um novo sinal acústico na mesma região onde é buscado o Boeing da companhia Malaysia Airlines que desapareceu no dia 8 de março com 239 pessoas a bordo.

"O sinal acústico tem que ser analisado, mas tem o potencial de pertencer a um objeto fabricado pelo homem", disse o chefe do Centro de Coordenação de Agências Conjuntas do país, Angus Houston, em comunicado.

Entenda como funcionam as caixas-pretas dos aviões

O sinal foi captado por um avião AP-3C Orion da força aérea à tarde na área onde o navio australiano Ocean Shield, que tem a bordo um localizador de caixas-pretas e um veículo submersível de controle remoto, centra suas buscas. A embarcação já tinha registrado sinais acústicos no sábado e na terça-feira.

Equipes de resgate estão se concentrando em uma área do tamanho do Sergipe nas buscas pelo avião desaparecido da Malaysia Airlines, após terem sido captados, no início da semana, novos sinais de áudio que poderiam ser da caixa-preta da aeronave.

Internacional