Mendes Júnior entra com pedido de recuperação judicial

Carlos Eduardo Cherem

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte

  • Vanderlei Almeida/AFP Photo

    Obras no complexo do Comperj, no Rio de Janeiro, alvo de investigações da Lava Jato

    Obras no complexo do Comperj, no Rio de Janeiro, alvo de investigações da Lava Jato

Envolvida nas investigações da Operação Lava Jato, a empreiteira Mendes Júnior pediu recuperação judicial nesta segunda-feira (7). O processo foi entregue ao juiz da 1ª Vara Empresarial de Belo Horizonte, Ronaldo Claret de Moraes, que vai avaliar se autoriza ou não a solicitação da empreiteira. De acordo com o Fórum Lafayette, não há prazo para o juiz apreciar e decidir no processo.

O UOL tentou contato com a assessoria de imprensa da Mendes Júnior, mas a empresa não comentou o assunto até o momento.

De acordo com o Fórum, o juiz vai analisar os documentos entregues pelos advogados da companhia, relacionando seu endividamento. Caso verifique que a documentação está completa, o magistrado pode dar o despacho que autoriza a recuperação. O Fórum Lafayette não soube informar o valor da dívida da empreiteira.

Diretores ligados à construtora foram denunciados a partir da 7ª fase da operação, deflagrada em novembro de 2014, que investigou irregularidades em contratos da Petrobras com empreiteiras.

Em novembro do ano passado, a Justiça Federal do Paraná, condenou os principais executivos da companhia, entre eles o ex-vice presidente da empreiteira, Sérgio Cunha Mendes, condenados a 19 anos de prisão, por lavagem de dinheiro e associação criminosa.

O processo teve por objeto contratos e aditivos da Mendes Júnior com a Petrobras na Refinaria de Paulínia (Replan), na Refinaria Getúlio Vargas (Repar), no Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), no Terminal Aquaviário Barra do Riacho, na Refinaria Gabriel Passos, e nos Terminais Aquaviários de Ilha Comprida e Ilha Redonda.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos