Topo

CarnaUOL

Recife e Olinda


Em Olinda, bloco desfila com frases como 'Lula Livre' e 'Marielle presente'

Reprodução
Camiseta do bloco Eu Acho É Pouco Imagem: Reprodução

Mateus Araújo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

2019-01-21T16:51:23

21/01/2019 16h51

Um dos mais tradicionais blocos do Carnaval de Olinda, o Eu Acho É Pouco, vai sair às ruas neste ano com frases políticas como "Carnaval é política", "Ninguém solta a mão de ninguém", "Marielle, presente", "Ideia não se prende" e "Lula livre". As expressões estão estampadas na camisa oficial do grupo.

As camisetas foram criadas pela artista Ju Calheiros e, segundo postagem do bloco nas redes sociais, simbolizam "um mar de frases a traduzir o agitado momento em que o Brasil está a mergulhar". 

A agremiação vermelha e amarela sai no sábado e na terça-feira de Carnaval, sempre a partir das 16h, acompanhada de um dragão gigante feito de tecido.

Além de ser um dos maiores a desfilar pelas ladeiras da cidade, o bloco criado em 1977 por militantes da esquerda e contrários à ditadura militar é também conhecido por sua verve política que vai além dos dias de festa. 

Em 2016, o Eu Acho É Pouco se juntou às manifestações contrárias ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e, no ano seguinte, estampou na camisa oficial da agremiação a frase "Fora Temer". No ano passado, aderiu à campanha #EleNão, contra a candidatura do presidente Jair Bolsonaro (PSL), e apoiou a eleição de Fernando Haddad (PT).

Mais Recife e Olinda