Conteúdo publicado há 1 mês
Kennedy Alencar

Kennedy Alencar

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
Opinião

Veto de R$ 5,6 bilhões em emendas é teste para paz entre Lula e Lira

O colunista do UOL Kennedy Alencar afirmou durante o programa Análise da Notícia que a votação no Congresso das matérias vetadas pelo presidente Lula (PT) serão importantes para entender até onde vai a boa relação entre Lula e o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), neste momento. Um dos principais vetos analisados será o de R$ 5,6 bilhões em emendas de comissão.

Veto de R$ 5,6 bilhões em emendas é teste para paz entre Lula e Lira. Kennedy Alencar

Após Lula e Lira terem se encontrado no domingo (21), o presidente da Câmara adotou uma postura de "paz e amor", dizendo até que errou ao criticar ministros do governo. A mudança, vale destacar, aconteceu depois de o governo empenhar mais de R$ 4,9 bilhões em emendas de deputados e senadores depois do encontro.

A partir de hoje (24) o Congresso irá começar a analisar 32 vetos do presidente que estão pendentes de votação pelos parlamentares, e alguns dos principais são referentes ao corte em emendas de comissão e ao calendário para pagamento dos recursos de emendas obrigatórias, além do veto de Lula em um trecho da PL das saidinhas que limita as saídas temporárias de presos do regime semiaberto em datas comemorativas.

Na visão de Kennedy, a verdadeira prova de fogo para a relação de Lira e Lula está na votação referente às emendas de comissão. Ele destacou que Fernando Haddad está muito empenhado na articulação com o Congresso para a manutenção do veto, pois isso irá ajudar o governo a cumprir a meta fiscal.

Tem um movimento do Lula com José Guimarães, que é o líder do governo na Câmara, e o Alexandre Padilha, para chegar a um acordo e o veto ser mantido. Junto do movimento também há a liberação das emendas individuais para proteger esse veto do Lula. Acho que vai ser difícil porque a sede e a fome dos parlamentares pelas emendas está muito alta, mas tem um esforço do governo e do próprio Haddad, que está tentando negociar. Vamos ver se esse 'Lirinha paz e amor' vai ajudar o governo a manter esse veto do Lula. Kennedy Alencar

Ainda de acordo com o colunista do UOL, Lira terá trabalho para ajudar o governo, uma vez que ele perdeu força junto a outros líderes partidários nos últimos tempos mas, mesmo com o desgaste do presidente da Câmara, Kennedy reforçou a importância de Lula negociar diretamente com Lira para aumentar suas chances de vitória no Congresso.

Lula tem que entrar em campo e conversar com Lira, como ele fez, e também com Rodrigo Pacheco, usando as armas que ele tem. O presidente da Câmara prefere muito mais lidar com o presidente da República do que com um ministro na articulação política e Lula sabe disso. Kennedy Alencar

***

Continua após a publicidade

O Análise da Notícia vai ao ar às terças e quartas, às 13h e às 14h30.

Onde assistir: Ao vivo na home UOL, UOL no YouTube e Facebook do UOL.

Veja abaixo o programa na íntegra:

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Deixe seu comentário

Só para assinantes