PUBLICIDADE
Topo

Eleições 2020

Reviravoltas e prisão na reta final: Rio tem 12 pré-candidatos confirmados

11.set.2020 - Às vésperas das eleições, os pré-candidatos Marcelo Crivella, Eduardo Paes e Cristiane Brasil são alvos de ações criminais - Arte/UOL
11.set.2020 - Às vésperas das eleições, os pré-candidatos Marcelo Crivella, Eduardo Paes e Cristiane Brasil são alvos de ações criminais
Imagem: Arte/UOL

Herculano Barreto Filho

Do UOL, no Rio

15/09/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Ex-secretário de Crivella, Paulo Messina foi anunciado ontem pelo MDB
  • Após tentar aliança com Paes e Crivella, PSL lança candidato próprio
  • Pré-candidatura de Cristiane Brasil, presa por suspeita de desvio de recursos, será analisada pelo PTB

A reta final das convenções partidárias nas eleições municipais do Rio, que se encerram amanhã (16), foi marcada por reviravoltas na formação das chapas, alianças desfeitas e uma prisão. Oficialmente, os partidos já confirmaram 12 pré-candidatos na capital (veja a lista completa abaixo).

Com mudanças repentinas, as cerimônias de anúncio de candidaturas de duas legendas no sábado (12) tiveram como pano de fundo ações criminais envolvendo o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) e o ex-prefeito Eduardo Paes (DEM), além do incêndio do Ninho do Urubu, que matou dez meninos das categorias de base do Flamengo, em fevereiro de 2019.

Investigada por supostamente participar de um esquema de desvio de recursos públicos de R$ 120 milhões, a deputada federal Cristiane Brasil (PTB), pré-candidata à Prefeitura do Rio, apresentou-se à polícia na última sexta-feira (11). O partido diz que vai analisar uma possível confirmação da pré-candidatura em convenção, prevista para acontecer até quarta-feira.

PSL com candidatura própria após tentar se aliar a Paes e Crivella

Apontados como favoritos em pesquisas de intenção de voto, Paes e Crivella abriram negociações para compor uma chapa com o PSL, que formaria uma aliança com a indicação de um vice.

Às vésperas da convenção, no sábado, o PSL ainda sonhava com a vice de Crivella, mas as legendas não conseguiram chegar a um acordo. Dessa forma, o antigo partido do presidente Jair Bolsonaro lançou candidatura própria —o deputado federal Luiz Lima foi confirmado como pré-candidato.

Martha Rocha desfaz aliança com ex-presidente do Flamengo, que pode sair candidato

Também no fim de semana, o PDT anunciou a pré-candidatura da deputada estadual Martha Rocha em convenção virtual. Desde junho, o partido negociava uma aliança com a Rede Sustentabilidade e o PSB. A ideia seria formar uma chapa com Eduardo Bandeira de Mello (Rede), ex-presidente do Flamengo. Entretanto, as tratativas esfriaram nos últimos dias.

Não está descartado o anúncio de Bandeira de Mello como pré-candidato à Prefeitura do Rio. O ex-presidente do Flamengo voltou a enfrentar desgastes por causa do incêndio no Ninho do Urubu. Na semana passada, o UOL Esporte revelou trocas de e-mails que evidenciam que o clube sabia de riscos em função da precariedade das instalações elétricas nove meses antes do incêndio no alojamento.

Nos bastidores, avalia-se que a eventual aliança com Bandeira de Mello poderia causar impacto negativo na candidatura de Martha Rocha, que chefiou a Polícia Civil do Rio durante o governo de Sérgio Cabral (MDB).

Oficialmente o assunto não é contudo apontado como determinante para a não-concretização da chapa. "Acho que esse negócio do Ninho do Urubu não tem participação direta dele", minimizou o ex-ministro Carlos Lupi, presidente nacional do PDT.

Indefinições e desistências

Após as investigações que pesam contra Paes e Crivella, um abaixo-assinado de artistas pediu para que o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL), que havia desistido da sua candidatura em maio, reconsiderasse a decisão. Mas ele usou as redes sociais para reforçar o apoio à candidatura de Renata Souza (PSOL).

Amanhã (16), último dia de convenção, ao menos outras duas pré-candidaturas devem ser confirmadas: Benedita da Silva (PT) e Enfermeira Rejane (PCdoB). Elas chegaram a ser cogitadas para formar uma aliança justamente com o PSOL, que encabeçaria a chapa. Mas os partidos não chegaram a um consenso.

O PTB irá se reunir até amanhã para definir se confirma ou não a pré-candidatura de Cristiane Brasil.

Cabo Daciolo (PL), Paulo Marinho (PSDB) e Marcelo Calero (Cidadania) retiraram as suas candidaturas, em apoio a Eduardo Paes.

O vereador Paulo Messina foi anunciado ontem (14) como pré-candidato do MDB. Secretário da Casa Civil de Crivella, ele rompeu relações com o prefeito durante o processo de impeachment do ano passado.

Pré-candidatos já confirmados em convenção

  • Eduardo Paes (DEM) - A pré-candidatura do ex-prefeito foi oficializada em 2 de setembro, na convenção do partido. Prefeito em 2008 e 2012, Paes concorre ao pleito pela 3ª vez;
  • Marcelo Crivella (Republicanos) - O prefeito lançou a sua pré-candidatura no dia 7 de setembro, buscando associar a sua imagem ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido);
  • Martha Rocha (PDT) - Foi confirmada na convenção virtual do partido, no último sábado (12). A chapa deve ser composta com o PSB, que deve indicar o vice;
  • Renata Souza (PSOL) - A convenção de 3 de setembro confirmou uma chapa "puro sangue" encabeçada pela deputada estadual. Ibis Pereira, coronel reformado da PM-RJ, será o vice;
  • Paulo Messina (MDB) - Foi confirmado como pré-candidato em convenção ocorrida ontem (14). A psicóloga Sheila Barbosa compõe a chapa;
  • Clarissa Garotinho (PROS) - A deputada federal foi oficializada como pré-candidata do partido em convenção do último sábado (12). O vice ainda não foi definido;
  • Luiz Lima (PSL) - O deputado federal foi oficializado como pré-candidato à Prefeitura do Rio na tarde do último sábado (12). A advogada Flávia Ribeiro dos Santos será vice;
  • Gloria Heloiza (PSC) - A ex-juíza foi escolhida em 31 de agosto pelo partido de Wilson Witzel, governador afastado do Rio;
  • Hugo Leal (PSD) - O deputado federal foi anunciado como pré-candidato em convenção no dia 7 de setembro. O vice ainda não foi definido;
  • Cyro Garcia (PSTU) - Oficializado como pré-candidato em convenção em 5 de setembro, o bancário aposentado e professor universitário deve concorrer à Prefeitura do Rio pela 5ª vez. Elisa Guimarães será a vice;
  • Fred Luz (Novo) - Engenheiro e empresário, foi anunciado como pré-candidato no dia 31 de agosto. A bióloga Giselle Gomes será vice;
  • Suêd Haidar (PMB) - No último sábado (12), a ativista social foi anunciada em chapa composta com Jessica Rabello Guimarães;

Eleições 2020