MST bloqueia estradas pelo Brasil em protesto contra a prisão de Lula

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/MST

O MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) bloqueou diversas rodovias pelo Brasil na manhã desta sexta-feira (6) em manifestação contra o pedido de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva decretado pelo juiz federal Sergio Moro. A promessa do movimento é levar os protestos para 50 rodovias federais de ao menos 24 Estados.

Até o momento, o grupo bloqueou estradas em Alagoas, Ceará, Pernambuco, Mato Grosso, Pará, Tocantins, Bahia, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Paraíba e Sergipe, São Paulo, Espírito Santo e Mato Grosso do Sul e Minas Gerais.

Leia também:

No município de Jaciara (MT), integrantes do MST impedem a passagem na BR 364. Na cidade de Moreno, Pernambuco, militantes trancam mais de uma rodovia. Entre o Pará e Tocantins, a BR 155 foi bloqueada por famílias integrantes do movimento. "Vai ter foice na defesa do Lula", gritam os sem-terra contra o pedido de prisão concedido por Moro.

Os manifestantes bloqueiam três estradas na Bahia. A BR 235, em Casa Nova, está fechada desde as 5h. A BR 330, próximo ao município de Jitauna, também foi fechada. O mesmo acontece com a BR 101, perto da cidade de Eunápolis, extremo sul do Estado, fechada na altura de Trancoso. Em Natal, os protestos acontecem na mesma BR-101, cuja passagem foi bloqueada por paus e pneus em chamas.

Na Paraíba, o MST trava as duas principais rodovias federais do Estado, a 101 e 230; esta última o principal acesso de João Pessoa à Campina Grande. Durante mobilização na BR 101, "um homem ainda não identificado furou um bloqueio e atirou com arma de fogo contra Lindinalva Pereira de Lima Filha", informou o movimento. "A trabalhadora está a caminho do hospital."

No interior paulista, o bloqueio acontece na BR 153, em Promissão. Cerca de 400 militantes também fecharam a BR 381 (Fernão Dias), que liga São Paulo à Belo Horizonte. A BR 381, na capital mineira, também foi trancada pelo movimento, que fez o mesmo na BR 155, no Pará. 

No Espírito Santo, o MST impede a passagem de carros na BR 101, em Conceição da Barra. Já em Dois Irmãos do Buriti (MS), os sem-terra "fecham as principais rodovias da região contra a prisão de Lula", informa os manifestantes. No município de Boa Viagem, Ceará, cerca de 150 trabalhadores acabam de bloquear a BR 020.

Os sem-terra também se manifestam em uma rodovia estadual, em Sergipe, a SE-270 (rodovia Louraça Batista), na altura do povoado Taboca, em Itaporanga. O movimento bloqueou ainda uma ponte na cidade de Propriá, na divisa do Estado com Alagoas, que tem bloqueadas a BR 316, em Atalaia, zona da Mata, e a BR 101, no município de Teotônio Vilela, A Polícia Federal Rodoviária tenta negociar a liberação da pista.

Já em Santa Marina, no Rio Grande do Sul, os manifestantes queimaram os pneus de um carro de propriedade do grupo RBS, da Rede Globo, em frente ao Diário de Santa Maria.

Para além das mobilizações desta manhã, o MST marcou protestos para a tarde de hoje em algumas cidades, como em Palmeira das Missões (RS), em ato no Sindicato dos Trabalhadores Rurais. Em Palmas, no Tocantins, a manifestação será às 16h em frente ao memorial Coluna Prestes.

De acordo com Alexandre Conceição, coordenador do movimento, a intenção é bloquear 50 BRs em 24 Estados em protesto contra o pedido da prisão de Lula, que tem até as 17h de hoje para se entregar à Polícia Federal. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos