Topo

CarnaUOL

Minas Gerais


Chuva, suor, funk e axé na abertura oficial do carnaval em Belo Horizonte

Festival Jângalove animou foliões em Belo Horizonte - Guilherme Breder/Divulgação
Festival Jângalove animou foliões em Belo Horizonte Imagem: Guilherme Breder/Divulgação

Zirlene Lemos

Colaboração para o UOL

17/02/2019 11h26

O carnaval em Belo Horizonte começou oficialmente neste sábado (16) e segundo a Empresa Municipal de Turismo da capital mineira (Belotur), a folia vai até o dia 10 de março, contabilizando 23 dias e espera atrair mais de 4,6 milhões de foliões.

Mesmo debaixo de chuva os carnavalescos ocuparam vários pontos da cidade e cerca de 30 blocos estão programados para sair pelas ruas nesse final de semana marcado por cortejos oficiais e festivais.

Uma das atrações mais disputadas  é o  Festival Jângalove que acontece nesse final de semana, (dias 16 e 17). Pelo quarto ano consecutivo já está batendo recorde de público, no sábado foram 5 mil pessoas,e a expectativa da organização é dobrar, como explica Marco Sassen Panerai, fundador do Festival e coprodutor do evento junto com A Macaco.

"O Jângalove é um abre alas para o carnaval de BH e cresceu junto com o próprio  evento na capital.  Na primeira edição éramos 800 pessoas debaixo de chuva e em 2019 vamos chegar aos 10 mil. Esse evento é para as pessoas conhecerem os blocos, os tradicionais e os mais novos, pois sempre damos apoio à cena local, convidando blocos conhecidos e alguns que estão começando, e também promovemos um intercâmbio entre blocos de outras cidades, nesse ano o convidado vem do Rio", comenta.

Público lota Festival Jângalove ontem em Belo Horizonte - Guilherme Breder/Divulgação
Público lota Festival Jângalove ontem em Belo Horizonte
Imagem: Guilherme Breder/Divulgação

Neste sábado se apresentaram no festival, que começou às 14h e se estendeu até às 2h,  os blocos  Garotas Solteiras, Me Beija Que Eu Sou Pagodeiro, Quando Come se Lambuza,  Então, Brilha! e o Já é Sensação. O jovem funkeiro  MC Kevin O Chris era presença confirmada para subir ao palco com o Já é Sensação, bloco formado pelos integrantes do Lá da Favelinha, moradores do aglomerado Vila Novo São Lucas,  com repertório 100% funk, mas  durante a apresentação, os integrantes do Já é Sensação explicaram que "por motivos de logística, MC Kevin O Chris  não  se apresentou na folia belo-horizontina".

Mesmo assim o público que participou  do Jângalove deu nota 10 e ficou até o fim. O servidor público Bruno Augusto Marques, foi com uma turma de amigos usando fantasias inspiradas nas vestes do Afoxé Filhos de Gandhy, um dos blocos mais tradicionais do Carnaval de Salvador.

"A gente é apaixonado pelo carnaval de BH, desde o começo. Todo ano a gente se fantasia e participa desde o pré-carnaval, até o último dia de folia. Esse é o melhor carnaval do Brasil", defende.

 No domingo a festa prossegue das 12h às 0h comandada pelos blocos Sargento Pimenta, Chama o Síndico, Beiço do Wando, Havayanas Usadas, Juventude Bronzeada e Orquestra Atípica de Lhamas.Além dos blocos,  o festival conta com área gastronômica, feirinha com maquiagem, fantasias, acessórios e um estúdio de tatuagem.

Serviço
Festival Jângalove
Data: 16 e 17 de fevereiro, sábado e domingo
Local: Serraria Souza Pinto (Av. Assis Chateaubriand, 899, Centro)
Atrações de domingo, 17 de fevereiro: Bloco do Sargento Pimenta, Chama o Síndico, Beiço do Wando, Havayanas Usadas, Juventude Bronzeada e Orquesta Atípica de Lhamas
Ingressos: domingo: R$ 20,00 (1º lote)
Informações: https://www.sympla.com.br/jangalove

Minas Gerais