Conteúdo publicado há 1 mês
Tales Faria

Tales Faria

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
Opinião

Para STF, virar 'Geni dos Poderes' é preço a pagar por impedir ditadura

O colunista do UOL Tales Faria afirmou durante o programa Análise da Notícia que ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) sentem que a corte é preterida pelos demais poderes, sobretudo pelo Congresso, por terem salvado o Brasil de um golpe de Estado.

Para STF, virar 'Geni dos Poderes' é preço a pagar por impedir ditadura. Tales Faria

Geni faz referência a uma música de Chico Buarque em que Geni era mal vista na cidade, apesar de ter salvado a cidade de um bombardeio. Para Tales, a situação do STF é parecida com a de Geni após salvar o país de um golpe.

O Supremo se sente preterido por ter salvado o país do golpe bolsonarista, e depois disso virou a Geni dos Poderes. Especialmente por parte dos parlamentares, que já viam o Supremo com maus olhos desde a Lava Jato e o Mensalão. Antigamente os parlamentares queriam foro privilegiado e agora fogem do Supremo. Na avaliação dos ministros do Supremo, o governo não está podendo fazer nada embora tenha um pensamento progressista, assim como a maioria dos ministros do Supremo. Não pode fazer nada porque a base do governo depende da oposição e boa parte dela é conservadora. Tales Faria

Hoje, inclusive, o Senado irá votar o projeto que criminaliza o porte de drogas em pequenas quantidades para usuários e, a votação acontece no exato momento em que o STF votava a descriminalização de pequenas quantidades.

O Congresso está mandando um recado para o Supremo, sem contar que no final do ano passado o Senado aprovou o veto das decisões monocráticas do Supremo e o projeto foi para a Câmara. Então tem uma pressão grande sobre o Supremo e na avaliação dos ministros é o preço a se pagar por terem impedido a ditadura e o golpe de Bolsonaro e dos bolsonaristas. Tales Faria

Por fim, o colunista do UOL destacou que ministros do Supremo veem uma oportunidade de uma reforma política diante das decisões do Congresso e afirmou que "é um exagero o que o Congresso está fazendo e uma hora a opinião pública vai se dar conta disso".

***

O Análise da Notícia vai ao ar às terças e quartas, às 13h e às 14h30.

Continua após a publicidade

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Deixe seu comentário

Só para assinantes