Topo

FBI divulga imagens de suspeitos de atentados em Boston e pede ajuda para encontrá-los

Do UOL, em São Paulo

18/04/2013 18h29Atualizada em 18/04/2013 19h35

O FBI --a polícia federal norte-americana-- divulgou na tarde desta quinta-feira (18), durante uma coletiva de imprensa, imagens de dois suspeitos de terem participado dos ataques a bombas na Maratona de Boston, na última segunda-feira (15). Os atentados deixaram três mortos e mais de 170 feridos.

Os dois procurados são homens de aparência jovem. Não está claro, porém, qual seria a nacionalidade deles.

Durante o anúncio, o FBI pediu ajuda para encontrar os suspeitos. Quem tiver qualquer informação pode entrar em contato pelo site www.bostonmarathontips.fbi.gov ou pelo e-mail boston@ic.fbi.gov.

Segundo o agente do FBI encarregado do escritório em Boston, Richard DesLauriers, os dois suspeitos são extremamente perigosos e podem estar armados. "Ninguém deve se aproximar deles. Ninguém deve tentar capturá-los", alertou.

"Alguém deve conhecê-los como amigo, vizinho, colega de trabalho ou familiar. Pode ser difícil, o país está contando com aqueles que têm informação para trazê-la até nós. Nenhuma informação, por menor que seja, é insignificante para ser investigada por nós", reforçou Richard DesLauriers.

De acordo com as autoridades, os suspeitos parecem estar caminhando juntos na direção da linha de chegada da maratona, na rua Boylston, mas apenas um deles, o de boné branco, foi visto colocando uma mochila --provavelmente o dispositivo-- no local onde houve a segunda explosão.

Nas imagens --capturadas de câmeras de segurança da rua--, os suspeitos carregam mochilas pretas, mesma cor dos pedaços de nylon encontrados juntos a fragmentos das bombas.

  • Reprodução/FBI

    Suspeitos são vistos caminhando um na frente do outro na rua onde ocorreram explosões

Obama presta homenagem

"Sim, nós vamos encontrá-lo e vamos fazer justiça! Nós vamos terminar a corrida! Não podemos deixar algo como isso nos parar. Isso não pode nos parar. É isso que vocês nos ensinaram, Boston", disse hoje o presidente dos EUA, Barack Obama, durante ato ecumênico em memória das vítimas do atentado, em Boston.

A cerimônia foi realizada na Catedral da Santa Cruz de Boston, que fica a menos de 2 km do local das explosões, e contou com a presença de cerca de 2.000 pessoas, entre elas autoridades estatais e locais. "Se eles tentaram nos intimidar, nos aterrorizar, abalar os nossos valores... que nos definem como americanos, deve ficar bastante claro agora que eles escolheram a cidade errada para fazer isso. Não aqui em Boston", disse Obama.

O atentado marcou o início de uma semana de sobressaltos nos EUA. Na quarta-feira, um homem do Mississippi foi preso sob suspeita de enviar cartas envenenadas a Obama e a outras autoridades. Na noite do mesmo dia, uma fábrica de fertilizantes explodiu no interior do Texas, devastando a pequena cidade ao seu redor.

Pelo menos dez pessoas sofreram amputações por causa do atentado na célebre Maratona de Boston. Os investigadores acreditam que as bombas eram caseiras --feitas com panelas de pressão, pólvora e fragmentos metálicos.

"No momento em que vocês iniciam essa longa jornada de recuperação, sua cidade está com vocês, sua comunidade está com vocês, seu país está com vocês", disse Obama, dirigindo-se aos amputados. "Estaremos com vocês à medida que vocês aprenderem a ficar de pé, caminharem, e, sim, correrem outra vez. Disso eu não tenho dúvida. Vocês vão correr outra vez." (Com agências internacionais)

Duas bombas explodem durante Maratona de Boston, nos EUA

Mais Internacional