Mesmo preso, suspeito de atentado em Boston diz que recebeu dinheiro de simpatizante

Do UOL, em São Paulo

Dzhokhar Tsarnaev, 19, um dos suspeitos de detonar bombas durante a Maratona de Boston no dia 15 de abril, disse à sua mãe, Zubeidat Tsarnaev, que não precisa do dinheiro da família porque recebeu um depósito de US$ 1 mil (cerca de R$ 2 mil) de um doador não identificado.

O jovem, que está preso em uma penitenciária hospitalar no Estado de Massachusetts (EUA), conversou por telefone com a mãe, que está no Daguestão. O áudio da conversa, que Zubeidat afirma ter sido gravada na semana passada, foi mostrado para a reportagem da rede CBS News durante uma entrevista na casa da família.

Na gravação, Tsarnaev diz que está se recuperando dos ferimentos que sofreu durante a perseguição policial --o irmão mais velho dele, Tamerlan Tsarnaev, 26, foi morto em um confronto com a polícia quatro dias após os atentados.

A mãe, então, pergunta se o filho está sentindo dor, e o jovem responde que não. "Claro que não. Estou me alimentando há bastante tempo. Eles estão me dando arroz e frango agora. Está tudo bem", disse.

Depois de mostrar o áudio da conversa, Zubeidat insiste que os filhos são inocentes. "Foi terrível o que aconteceu. Meus meninos não fizeram isso." A mãe, então, se emociona ao ouvir a gravação mais uma vez. "Eu senti como se ele fosse gritar 'o que está acontecendo?', como se fosse questionar o mundo. Mas, em vez disso, ele ficou me acalmando", disse Zubeidat.

De acordo com a CBS, embora o jovem tenha conversado com a família por telefone, ele não ainda não falou com agentes do FBI. No entanto, fontes oficiais afirmam que ele teria assumido a coautoria do crime quando foi capturado e que teria, inclusive, afirmado que ele e o irmão agiram para vingar os muçulmanos mortos nas guerras do Iraque e do Afeganistão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos