Topo

CarnaUOL

São Paulo


"O cunho social é o mais importante", diz carnavalesco da Mancha Verde

Arquivo Pessoal/Divulgação
Jorge Freitas no Sambódromo Imagem: Arquivo Pessoal/Divulgação

Guilherme Machado

Do UOL, em São Paulo

2019-03-05T19:45:32

05/03/2019 19h45

Em seu primeiro ano na Mancha Verde, o carnavalesco Jorge Freitas entregou à escola o seu primeiro troféu de campeã. A agremiação desfilou com um enredo que discutiu a luta pelos direitos dos negros e das mulheres, algo visto como o carnavalesco como "crucial".

"Além da alegria, da manifestação cultural, que é a maior do povo brasileiro, o cunho social é o mais importante de tudo. Pessoas em qualquer cultura que seja entendem qualquer tema através do samba-enredo e o que as fantasias que passam", disse ele ao UOL.

Para ele, a Mancha ter mostrado uma história da luta de um povo permite uma maior mobilização da sociedade.

"O maior papel de uma escola de samba é o social. Você fazer enredos como focos sociais é importante não só para o Carnaval, mas para toda sociedade que prestigia a festa. Se o povo se unir, consegue mudar tudo, inclusive o nosso Brasil".

Freitas, que já ganhou cinco títulos no Carnaval, afirma ainda que o mais importante não é um bom enredo, mas também se os componentes vestem, verdadeiramente, a fantasia.

"Acho que o enredo é maravilhoso, mas o componente 'comprar a ideia desse enredo' e interpretar um personagem é o que nos deu o resultado positivo".

Mais São Paulo