Topo

Tragédia em Brumadinho


"A Vale é criminosa", diz homem a diretor da mineradora ao vivo na TV

GloboNews
Imagem: GloboNews

Leonardo Martins

Do UOL, em São Paulo

2019-01-31T17:53:26

31/01/2019 17h53

Com um cachorro no colo e o dedo em riste, um homem que se identificou como "da proteção animal" interrompeu uma entrevista do diretor-executivo de Finanças e Relações com Investidores da Vale, Luciano Siani, nesta quinta-feira (31). A cena transmitida foi ao vivo por canais de televisão.

"O senhor tem que falar que a Vale matou muitos animais inocentes, como esse que foi resgatado agora. Eu não vi ninguém da Vale ajudando. A Vale é criminosa. Quantos animais morreram, fora os seres humanos?", disse o homem, em referência ao rompimento da barragem da mineradora em Brumadinho (MG).

Siani estava explicando as intenções da Vale de fazer doações para o município de Brumadinho quando foi interrompido.

O diretor respondeu que a Vale montou um "hospital de campanha" com 50 integrantes para fazer "resgate de fauna". "Esperamos que essa situação seja remediada o quanto antes e entendemos sua indignação", completou Siani. 

O homem, mesmo assim, retrucou. "Há quantos dias os animais estão morrendo? Agora o senhor vem fazer isso?".

Fábio Schvartsman, presidente da Vale, afirmou nesta quinta que a empresa quer acelerar a realização de acordos extrajudiciais para a reparação de danos e indenização às vítimas do rompimento

Até o momento, foram encontrados 99 corpos, sendo 57 desses já identificados, segundo o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. De acordo com a Defesa Civil, ainda há 257 desaparecidos.

Mais Tragédia em Brumadinho