Topo

Tragédia em Brumadinho


Bombeiros voluntários explicam decisão de ajudar: "sentimento humanitário"

Do UOL, em São Paulo

2019-02-01T11:23:25

01/02/2019 11h23

As buscas pelos desaparecidos que foram vítimas do rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho (MG), completam a primeira semana. Além da equipe oficial do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, os bombeiros voluntários também têm permissão para percorrer matas, andar pela lama e entrar em locais com casas destruídas para ajudar nas buscas.

Mesmo sem obrigação oficial de estarem ali, eles explicam que o gesto de altruísmo é movido "pelo sentimento humanitário, de querer ajudar o nosso próximo".

"A gente tem encontrado uma lista extensa de coisas, pertences, utensílios de cozinha, cama, essas coisas certamente mexem com nosso emocional também. Quando a gente pensa na possibilidade de haver crianças, isso certamente mexe mais com a nossa sensibilidade", conta ao UOL o bombeiro José Wilker Souza.

Até agora, as autoridades confirmaram 110 mortos, sendo 71 deles identificados, e 238 desaparecidos.

Mais Tragédia em Brumadinho