Topo

Policial é morto em tiroteio em campus do MIT em Cambridge (EUA)

Kristyn Ulanday/Reuters
Polícia realiza buscas perto de local onde o policial foi baleado e morto dentro de campus universitário Imagem: Kristyn Ulanday/Reuters

Do UOL, em São Paulo

2013-04-19T00:58:47

2013-04-19T01:45:06

19/04/2013 00h58Atualizada em 19/04/2013 01h45

Um policial do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) foi morto em um tiroteio na noite desta quinta-feira (18) dentro do campus universitário da instituição localizado em Cambridge, na região metropolitana de Boston (EUA).

O tiroteio aconteceu por volta das 22h30 (23h30 horário de Brasília) no prédio de número 32 do instituto de tecnologia. O policial foi até o campus para atender a um chamado. Ele sofreu "múltiplos ferimentos a bala", informou Michel Pelgro, promotor do distrito de Middlesex. "Ele foi levado a um hospital, onde faleceu", revelou Pelgro.
 
O edifício onde o caso aconteceu foi cercado por agentes da polícia e do FBI --polícia federal dos Estados Unidos. A polícia está à procura dos suspeitos, mas ninguém foi preso até o momento. 
 
Em seu site, o MIT publicou comunicado, informando que a situação é "extremamente perigosa", e pedindo que os estudantes não saiam das residências universitárias e se mantenham longe da área do incidente.
 
A cidade de Cambridge fica na região metropolitana de Boston, onde explosões na Maratona de Boston deixaram três pessoas mortas e mais de 170 feridas na última segunda-feira (15). 
 
Pelo menos dez pessoas sofreram amputações por causa do atentado. Os investigadores acreditam que as bombas eram caseiras --feitas com panelas de pressão, pólvora e fragmentos metálicos.
 
O FBI  divulgou na tarde desta quinta-feira (18), durante uma coletiva de imprensa, imagens de dois suspeitos de terem participado dos ataquesDurante o anúncio, o FBI pediu ajuda para encontrar os suspeitos. Quem tiver qualquer informação pode entrar em contato pelo site www.bostonmarathontips.fbi.gov ou pelo e-mail boston@ic.fbi.gov.
 
O atentado marcou o início de uma semana de sobressaltos nos EUA. Na quarta-feira, um homem do Mississippi foi preso sob suspeita de enviar cartas envenenadas a Obama e a outras autoridades. Na noite do mesmo dia, uma fábrica de fertilizantes explodiu no interior do Texas, devastando a pequena cidade ao seu redor. (Com agências internacionais)
 

Mais Internacional