Clique Ciência: por que as cabras sobem em árvores?

Cintia Baio

Colaboração para o UOL

  • Fadel Senna/ AFP

Provavelmente, você já deve ter visto por aí, imagens de cabras em cima de árvores ou escalando paredões que dariam inveja a qualquer ser humano com espírito aventureiro. O motivo para realizar tais proezas é bem simples: conseguir alimentos.

É o caso das famosas cabras que vivem em áreas de deserto no Marrocos. Lá, é possível observar grupos inteiros desses animais em cima de uma única árvore de argan. Com tronco retorcido e galhos espinhosos, a planta produz um fruto com sabor e cheiro delicioso para as cabras. E como em climas desertos nem sempre é fácil encontrar alimentos no chão, esses mamíferos partem para o topo das árvores, que podem chegar a nove metros de altura.

Arte/UOL
Tem uma curiosidade científica? Mande sua pergunta para o UOL com a #CliqueCiência

Já na Itália, cabras selvagens chamaram a atenção ao aparecerem escalando um paredão de 50 metros de altura no lago Cingino, em busca de sais, musgos e flores para se alimentar. Outra espécie que chama a atenção são as cabras-antílopes, que vivem em lugares altos da América do Norte. Além da escalada, elas conseguem dar saltos de mais de três metros de distância.

Segundo Andrea Bueno Ribeiro, professora do curso de medicina veterinária da FMU, a explicação para essa habilidade é que as cabras, de qualquer raça, tem a capacidade de se alimentar em posição bipedal, ou seja, conseguem se equilibrar sobre dois pés. "Elas possuem a capacidade de escalar montanhas íngremes e subir em árvores principalmente quando tentam alcançar um alimento desejado, como frutos e folhas".

E em se tratando de alimentos, embora as cabras possuam grande habilidade de digerir forragens em geral, como o capim, elas são muito seletivas e preferem plantas com folhas largas. Seus lábios apresentam grande mobilidade, o que facilita a obtenção do alimento desejado. Essa "seletividade" pode ser uma outra explicação para serem bichos tão destemidos.

Além disso, a anatomia das patas contribui para o equilíbrio. Diferente dos cavalos, por exemplo, o casco da cabra possui uma divisão -- o que fica semelhante a dois dedos -- e um formato que aumenta a resistência, proporciona tração e se adapta em terrenos irregulares. Os "dedos" se mexem de forma independente e também se adaptam conforme o solo. Animais com essa fenda no casco são conhecidos como biungulados.

Embora todas as espécies tenham a capacidade de subir em árvores, nem todas conseguem. "Se for uma raça pesada, não vai conseguir subir por causa do peso corporal. Cabras gestantes também não sobem porque são pesadas. Já animais criados em confinamento não aprendem a subir", explica Aurora Gouveia, professora do curso de veterinária da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e presidente da Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos de Minas Gerais.

Cabras brasileiras

No Brasil existem mais de 14 milhões de caprinos, o que coloca o Brasil no 18º lugar no ranking de exportações. Grande parte do rebanho encontra-se na região Nordeste, principalmente na Bahia, Pernambuco, Piauí e Ceará. Como a maioria dos animais é criado em confinamento, é difícil encontrar cabras por aqui que subam em árvores, uma vez que, nesses casos, elas não precisam sair em busca de alimentos.

"Subir em árvores é uma característica regional e os animais aprendem isso para buscar alimentos", diz a professora Aurora que relata que, mesmo sendo raro, já ouviu relatos de "cabras-escaladoras", todas no Nordeste. "Mas nunca nada semelhante ao que vemos no Marrocos".

Curiosidades

As cabras são conhecidas por serem animais muito curiosos, espertos e nada medrosos. Elas se parecem com as ovelhas, mas podem ser facilmente diferenciadas pela posição da cauda. Cabras têm cauda curta e direcionada para cima e ovelhas para baixo e longas.

O bode exala um cheiro bem forte e característico para atrair a fêmea. Mas em locais onde é produzido leite, os machos são criados bem longe do local da ordenha e processsamento, justamente para que o cheiro não entre com contato com o produto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos