Cinco asteroides passam perto da Terra até segunda, diz relatório da Nasa

Do UOL, em São Paulo

  • Nasa

Ao menos cinco asteroides devem passar próximos ao planeta Terra até segunda-feira (13), segundo um relatório da ESA (Agência Espacial Europeia).

Assim como no dia 16 de fevereiro, quando um boato fez muita gente acreditar que um asteroide colidiria com o nosso planeta, não vai ser dessa vez que teremos esses objetos caindo na atmosfera terrestre. 

O mais próximo a passar pela Terra será o 2017DA36, que passa nessa sexta-feira (10), e tem cerca de 40 metros de diâmetro. Ele chegará a uma distância de aproximadamente 1.536.000 quilômetros do planeta, isso são quase quatro viagens da Terra até a Lua.

O maior deles passa na segunda-feira. O 2017EK, com 68 metros de diâmetro, deve chegar a uma distância de 1.920.000 quilômetros do planeta --perto de cinco vezes a distância entre a Terra e a Lua.

Não há o que temer

Existem registros de queda de asteroides e cometas na Terra, algumas catastróficas, mas muito raras. Em 2013, por exemplo, um meteoro caiu na Rússia e deixou centenas de feridos. A última grande queda conhecida é a que provavelmente deu fim aos dinossauros há 65 milhões de anos.

Agências espaciais como Nasa e ESA (Agência Espacial Europeia) monitoram a passagem dos asteroides e verificam se há possibilidades de colisões. Se verificados com antecedência, os objetos podem ser desviados antes de entrar na nossa atmosfera.

Não há previsão de um choque entre um NEA (como são chamados os asteroides que passarão perto da Terra) nos próximos anos. Só em 2017, devem acontecer mais de 65 aproximações com asteroides e nenhuma oferece riscos ao nosso planeta.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos