Topo

Autópsia revela que Tamerlan Tsarnaev morreu por tiros e traumatismos

Do UOL, em São Paulo

2013-05-03T23:38:06

03/05/2013 23h38

Tamerlan Tsarnaev, um dos dois suspeitos de colocar as bombas que explodiram perto da linha de chegada da Maratona de Boston, em 15 de abril, foi morto por ferimentos causados por bala no tronco, além de traumatismo no local e na cabeça, segundo a certidão de óbito divulgada nesta sexta-feira (3), nos Estados Unidos.

Saiba mais sobre os russos suspeitos dos ataques em Boston

  • Os dois suspeitos apontados pelo FBI como responsáveis pelas explosões da Maratona de Boston foram identificados como sendo os irmãos Dzhokhar A. Tsarnaev (à dir.),19, preso pela polícia, e Tamerlan Tsarnaev, 26, morto após tiroteio. Os dois são russos, provenientes de uma região próxima à Tchetchênia, e residentes legais nos Estados Unidos há no mínimo um ano.

O jovem de 26 anos, de origem chechena, morreu em um confronto com a polícia quando tentava escapar, no dia 18 de abril, em meio a uma megaoperação para capturar os autores do atentado

O proprietário da funerária onde está o corpo do mais velho dos irmãos Tsarnaev apresentou o documento ao jornal "Boston Herald", depois que o corpo foi solicitado pelos familiares.

Segundo o relatório, os ferimentos ocorreram durante o tiroteio com a polícia, nas primeiras horas de 19 de abril.

Depois que o mais velho dos Tsarnaev foi atingido e arrastado por um veículo. Sua morte foi verificada em um hospital da região.

Segundo testemunhas e a polícia, o mais jovem dos irmãos, Dzhokhar, de 19 --também suspeito do atentado, foi quem atropelou Tamerlan, durante perseguição na cidade de Watertown, vizinha a Boston.

Preso em Watertown após uma caçada policial que durou 23 horas, Dzhokhar está internado em um centro médico penitenciário, onde vem sendo interrogado, para que seja determinado como os dois irmãos, que teriam atuado sozinhos, elaboraram os explosivos e executaram o plano.

A rede de TV CNN disse que o corpo será submetido a uma segunda autópsia, a pedido da família, que quer uma análise "independente".

Os parentes dos irmãos Tsarnaev têm frequentemente acusado os EUA pela morte suspeita de Tamerlan. (Com EFE e AFP)

 

Mais Internacional