Topo

CarnaUOL

Salvador


Em desfile comedido, Daniela Mercury não menciona polêmica com Bolsonaro

Alexandre Santos

Colaboração do UOL, em Salvador

2019-03-05T21:10:57

05/03/2019 21h10

Daniela Mercury fez na tarde de hoje, no Campo Grande, o seu desfile mais comedido neste Carnaval.

Diferentemente de suas apresentações no circuito Dodô (Barra-Ondina), quando levantou a bandeira em defesa da diversidade de forma mais ousada, a cantora não lançou mão de frases politicamente provocativas, tal como nos primeiros dias de folia.

Nem mesmo quando cantou "Tá Proibido o Carnaval", música que escreveu em parceria com Caetano Veloso como uma espécie de manifesto em favor da liberdade de expressão e contra a censura.

Daniela também não mencionou a polêmica em que se envolveu com o presidente Jair Bolsonaro (PSL), que mais cedo usou o Twitter para criticá-la. Horas depois, ela divulgou uma carta em que rebate o teor da publicação.

Usando um vestido preto e branco, a cantora homenageou os blocos afro de Salvador em um trio sem cordas.

Durante sua passagem, Daniela aproveitou para se despedir da folia deste ano. 

"A gente poderia fazer durar 48h esse último dia de Carnaval, né?", declarou.

Mais Salvador