Topo

Homem avisa que voltaria à vida, e mulher esconde seu cadáver em casa por um mês

Da Redação

Em São Paulo

27/10/2011 10h45Atualizada em 27/10/2011 11h22

Por um mês, a colombiana Alba Yacue manteve o corpo do seu marido Lucio Chacue, 61 anos, escondido em casa com a esperança de que ele ressuscitaria. Segundo ela, o marido teria avisado antes de falecer que iria voltar à vida.

O problema é que ele não revelou quando. Mesmo assim, Alba resolveu esperar e só desistiu de sua missão quando os vizinhos identificaram o sumiço de Chacue e comunicaram a polícia.  Os investigadores encontraram o corpo do colombiano no final do quarto principal da casa.

O que restou de seu corpo um mês depois de sua morte -- cuja causa é desconhecida -- foi envolto em um lençol, segundo o jornal "La Nación". O cadáver já estava em estado de decomposição e exalava um odor nauseante. As más línguas do bairro passaram a dizer que o amor de Alba por Chacue era, além de cego, anósmico (sem olfato).

Alba pediu para a empresa funerária que arrumasse o corpo do marido e o enterrasse no seu quintal na aldeia de La Umbria, uma área rural de Huila, no sudoeste da Colômbia.

Mais Tabloide