Topo

"ET, telefone, casa": polícia britânica ajuda, e alienígena finalmente volta para sua casa

O ET britânico e a simpática Margaret Wells (à direita) - "Metro"/Reprodução
O ET britânico e a simpática Margaret Wells (à direita) Imagem: "Metro"/Reprodução

Do UOL Tabloide, em São Paulo

04/01/2012 06h00

A cena do inesquecível filme do Spielberg é clássica: ET levanta o dedo e balbucia algo como "ET, telefone, casa". Ele quer voltar para a casa dele, e acha que isso se resolveria com uma ligação DDP (Discagem Direta Planetária).

A vida imita a arte --ou algo assim.

Um transeunte preocupado viu um corpo boiando no mar. Avisou as autoridades, que o "pescaram"... E ele era o corpo de um boneco em tamanho real do ET.

Acontece que, veja só!, a polícia britânica havia sido avisada do desaparecimento de um boneco em tamanho real do ET que pertencia a Margaret Wells --e que foi roubado em setembro passado.

(Será que quando ela ligou para a polícia, emocionada com o desaparecimento do seu alienígena fofucho, ela também balbuciou algo como "ET, telefone, casa"?)

"Eu sempre soube que o ET voltaria para casa", disse ela ao "Metro". "Só há um dele em toda a Inglaterra, e ele é meu."

Se pudesse, o Editor do UOL Tabloide daria um conselho a ela: não se iluda, dona Wells. Há mais ETs na Inglaterra --e pelo mundo. A senhora nunca assistiu a "M.I.B. - Homens de Preto"?

Mais Tabloide