Telejornal é interrompido após alarme de incêndio disparar ao vivo

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/ITV

Um dos telejornais de maior audiência do Reino Unido foi interrompido e saiu do ar depois que um alarme de incêndio disparou ao vivo.

O ITV News estava no ar quando o barulho foi ouvido. Toda a redação e o estúdio foram evacuados. O telejornal estava ao vivo fazia 20 minutos quando foi interrompido.

No momento em que saiu do ar, uma reportagem sobre o "botão nuclear" do presidente americano Donald Trump estava sendo veiculada.

"Ok, como você provavelmente pode perceber, temos um alarme de incêndio soando. Não sabemos ao certo o que fazer, mas achamos que vamos evacuar o prédio", disse o apresentador Tom Bradby.

O jornal, então, saiu do ar e uma tela com pedido de desculpas apareceu.

Para o apresentador da ITV Alastair Stewart essa foi a primeira vez que esse tipo de incidente ocorreu no ar.

Um porta-voz da ITV afirmou que toda a equipe saiu do prédio com o alarme e que todos os procedimentos de segurança foram feitos. Ninguém se feriu e o motivo que levou o alarme a ser disparado está sendo apurado.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos