Violência no Rio

Subcomandante de UPP é morto a tiros durante assalto no Rio

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

O tenente Guilherme Lopes da Cruz, subcomandante da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) da Vila Kennedy, na zona oeste do Rio, foi morto durante um assalto a uma lanchonete na madrugada desta quarta-feira (21).

O oficial foi morto a tiros após bandidos a bordo de uma picape de cor prata iniciarem o assalto em uma lanchonete na estrada do Gabinal, em Jacarepaguá, também na zona oeste. Ao perceber a ação dos bandidos, o tenente trocou tiros e foi baleado.

Cruz foi socorrido por policias do 18º Batalhão de Polícia Militar e pelo Corpo de Bombeiros, mas morreu antes mesmo de ser removido para algum hospital da região. Ele foi o único ferido no confronto.

Já os bandidos escaparam ilesos e o veículo utilizado no crime foi localizado na área no bairro do Lins de Vasconcelos, na zona norte. A Divisão de Homicídios irá solicitar as imagens das câmeras de segurança para tentar identificar os assassinos.

De acordo Polícia Militar, apenas em 2018 já foram mortos 18 policiais. Em nota, a PM lamentou a morte do subcomandante e informou que ele estava na corporação havia três anos.

O Rio de Janeiro viu a crise da segurança pública explodir nos últimos meses, especialmente durante o Carnaval. Por conta da situação, o decreto de intervenção federal já foi aprovado pelo Congresso e está em vigor. O interventor será o general Braga Netto, responsável por comandar as forças de segurança no Rio a partir de agora.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos