Homem fuça celular da mulher, entende tudo errado, parte pra briga e toma multa

Da Redação

Esta é uma história real. Aliás, com direito até a uma moral, como toda boa história deve ser.

Um homem (vamos batizá-lo de... Xereta Inseguro) resolveu bisbilhotar o celular de sua mulher (e isso lá é coisa que se faça?). Não se sabe com que freqüência ele cometia tal tão impuro ato, mas eis que ele encontrou mensagens de texto enviadas por ela a uma amiga contendo trechos como "desordenado, impossível e desobediente", "não me escuta, não gosta da minha comida, estraga os móveis" e "o apartamento está sempre bagunçado por sua culpa e é muito brincalhão e desobediente". Ele não gostou do que leu.

Com seu ego ferido, Xereta Inseguro começou a discutir com a mulher. Um tanto exaltado, chegou a agredi-la (e isso lá é coisa que se faça?). Entre tapas e ofensas, ela conseguiu explicar que não era nada daquilo que ele estava pensando (quem nunca ouviu essa frase antes levante a mão!). As mensagens de fato existiam, mas, na verdade, eram sobre o cachorro do casal.

O resultado é que o caso foi aos tribunais e o Xereta Inseguro foi condenado a pagar uma multa de 3 mil dirhams dos Emirados Árabes (cerca de RS$ 2.200) por ter agredido a mulher.

Moral da história: em mulher não se bate nem com uma flor. Comentário sempre pertinente do Editor do UOL Tablóide: se a sua mulher está se queixando do comportamento do seu cachorro e você acha que ela está falando de você, tem alguma coisa errada contigo, mané.

Fonte: EFE

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos