Topo

Arqueólogos encontram esqueleto de casal que foi enterrado de mãos dadas há 1.500 anos

Do UOL Tabloide<br>Em São Paulo

2011-11-04T09:29:04

04/11/2011 09h29

Essa é para você que não acredita mais no amor, que acha que no mundo só existe ódio, traição e está doido (doida) para acabar com a raça daquela (daquele) desgraçada (desgraçado) que te trocou por outro (outra). 

O amor verdadeiro já existiu. É o que tentam provar arqueólogos e antropólogos que encontraram, em Modena, na Itália, um casal que foi enterrado de mãos dadas há 1.500 anos, durante o século 5, nos últimos dias do Império Romano. 

“É uma imagem tocante e bonita de se ver. A cabeça da mulher está virada para o homem e os dois estão de mãos dadas”, descreve a antropóloga Vania Milani.

Os arqueólogos não conseguem ter muita certeza do que aconteceu, mas desconfiam que os dois morreram em datas próximas, provavelmente de alguma praga que assolou a região na época. Além disso, uma aliança de bronze também foi encontrada, sinal que os dois eram casados.

Enfim, o casal mostrou que a frase “até que a morte os separe” às vezes não é válida. Quem sabe você também não encontra alguém para passar o resto da vida junto?  Já pensou a notícia em 3511 aqui no UOL: ‘Estudiosos encontram esqueleto de casal que foi enterrado em forma de conchinha’.

*Com informações do "Daily Mail"

 

Mais Tabloide