Que macabro! Artista faz peças de cerâmica usando cinzas humanas

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Você teria coragem de usar uma louça feito com as cinzas de um ente querido?

    Você teria coragem de usar uma louça feito com as cinzas de um ente querido?

Um artista norte-americano criou uma empresa que cria objetos para "eternizar" as pessoas que amamos e que já se foram. A Chronicle Cremation Designs, companhia fundada no Estado do Novo México, nos Estados Unidos, usa cinzas humanas para fazer peças de porcelana, como canecas e pratos.

A ideia surgiu quando o artista Justin Crowe perdeu uma pessoa que gostava muito. Ele, então, decidiu fazer alguns objetos usando as cinzas do morto.

"Criar objetos que contam histórias é minha paixão. A inspiração para minha empresa surgiu após uma morte que me levou a um período de crescimento pessoal. Em vez de ficar observando uma urna ou uma fotografia na estante, quis criar uma maneira de interagir com a memória da pessoa que morreu todos os dias", contou Crowe no site da empresa.

Reprodução
Até que fica bonito como peça de decoração, não?
"Nosso processo nasceu do desejo de manter aqueles que se foram lembrados no nosso dia a dia", completou.

Para o artista, as peças de cerâmica fazem com que a gente interaja diariamente com as memórias das pessoas que morreram. A empresa faz tigelas, vasos, canecas e até joias com as cinzas de quem já morreu. Meio macabro, não? Ou será que a gente teria coragem de tomar um café em uma xícara feita com restos de um amigo querido? (Com UPI)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos