Homem diz que roubou banco porque não aguentava mais viver com a mulher

Do UOL, em São Paulo

  • Polícia do Condado de Wyandotte

    Lawrence Ripple pegou o dinheiro e ficou sentado até a chegada de um policial

    Lawrence Ripple pegou o dinheiro e ficou sentado até a chegada de um policial

Em um assalto a banco, você pega dinheiro que não é seu, ameaça e amedronta outras pessoas e, por vezes, acaba até ferindo alguém. Mas, um homem morador de Kansas City, nos Estados Unidos, afirmou que tinha uma boa razão para roubar um banco.

Na última segunda-feira (23), Lawrence Ripple, 70 anos, se declarou culpado de ter assaltado um banco em setembro porque não aguentava mais viver com a própria mulher.

Segundo o FBI, Ripple entrou no Bank of Labor, no último dia 2 de setembro, e entregou a um atendente um bilhete que dizia "tenho uma arma, me dê dinheiro". O assaltante pegou a grana e ficou sentado até a chegada de um guarda.

"Sou quem você está procurando", disse ao vigilante. A polícia então chegou e prendeu Ripple, que não ofereceu resistência e, em momento algum, deu a entender que fugiria.

Aos investigadores, o assaltante afirmou que estava discutindo muito com sua mulher e e que "não queria mais ficar naquela situação". O FBI informou que o bilhete entregue ao atendente do banco foi escrito por Ripple durante uma briga com a mulher em que ele disse a ela "prefiro ficar na cadeia a estar em casa com você".

Pelo jeito, o desejo de Ripple pode virar realidade. O ladrão pode ser sentenciado a até 20 anos de prisão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos