PUBLICIDADE
Topo

Tabloide

Homem abandona cassino, rouba banco e volta para continuar jogando

Kerry Johnson entra no tribunal onde se declarou culpado por roubo, em Charleston, em Virgínia Ocidental - Chris Dorst/Charleston Gazette-Mail via AP
Kerry Johnson entra no tribunal onde se declarou culpado por roubo, em Charleston, em Virgínia Ocidental Imagem: Chris Dorst/Charleston Gazette-Mail via AP

Do UOL, em São Paulo

30/01/2017 11h56

Um americano confessou que assaltou um banco entre uma aposta e outra em um cassino na Virgínia Ocidental, nos Estados Unidos. Em agosto do ano passado, Kerry Johnson, de 52 anos, passou o dia jogando em um cassino na cidade de Nitro. Ele passou seis horas no local e saiu para roubar o banco City National Bank, na cidade de Charleston.

Antes do assalto, Johnson estava na mesa de blackjack com apenas uma ficha de US$ 25. O sujeito chegou ao banco dizendo que tinha uma arma e uma bomba e levou dinheiro. Em seguida, o assaltante voltou à mesa de blackjack do cassino para continuar sua jogatina.

Na semana passada, diante de um juiz, Johnson afirmou que estava drogado no momento do crime. O detalhe é que, quando voltou ao cassino, após ter assaltado o banco, o bandido perdeu ainda mais dinheiro.

Johnson foi preso em casa, dormindo no sofá. No local, a polícia encontrou parte do dinheiro roubado no banco. No entanto, cerca de US$ 500 do assalto foram gastos no cassino. Se condenado, assaltante pode passar de cinco a 18 anos na cadeia. A sentença vai sair no próximo dia 2 de março.

Tabloide