E se você recebesse esta foto? Pegadinha em família vira caso de polícia

Do UOL, em São Paulo

  • Polícia de Sandusky

    Foto da pegadinha feita por Micah Risner e Nataleigh Schlette

    Foto da pegadinha feita por Micah Risner e Nataleigh Schlette

Um casal de Ohio, nos Estados Unidos, preparou uma pegadinha que quase foi preso por conta disso. Micah Risner e sua namorada, Nataleigh Schlette, tiraram foto de uma falsa cena de homicídio em uma banheira e enviou a imagem para a família pelo celular.

A foto era tão realista que parecia que Schlette havia sido morta. "Eu botei ketchup por tudo e adicionei água. Quando ela entrou na banheira ainda joguei mais ketchup para deixar tudo mais macabro", afirmou Risner ao site Inside Edition.

Na mensagem de celular, Risner pedia ajuda e dizia que não teve a intenção de machucar ninguém. "Eu não me lembro de nada. Estávamos discutindo e acordei com essa cena", escreveu.

Assustados, os familiares chamaram a polícia que acabou fazendo uma visitinha ao casal. Na certeza de estar diante de um caso de homicídio, vários policiais foram até a casa.

"Os policiais falaram que tinha uma denúncia de homicídio e eu falei que não. Que aquele corpo era o meu e que tudo era falso", disse Schlette.

A polícia, claro, não gostou nada da história. O casal acabou detido por "induzir o pânico" e por "obstruir o serviço público". Eles pagaram fiança e foram soltos. Em um post no Facebook, Risner tentou se explicar.

"Eu nunca machucaria uma mulher. Minha mãe nem me ligou. Ela foi direto para a polícia", contou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos