Paquistanês diz ter 54 filhos porque fazia sexo todo dia quando era jovem

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Abdul Majeed Mengal (de barba branca) com alguns de seus filhos

    Abdul Majeed Mengal (de barba branca) com alguns de seus filhos

Um motorista de ônibus paquistanês de 70 anos afirma ter 54 filhos com seis mulheres diferentes. O motivo de ter uma prole tão, digamos, extensa é simples. O homem alega que fazia sexo diariamente quando era mais jovem.

Abdul Majeed Mengal mora em Nushki, no oeste do Paquistão. Dos 54 filhos, 12 morreram de maneira trágica. Mesmo assim, continuam vivos 22 homens e 20 mulheres.

"Quando eu era jovem, tinha força e fazia sexo todos os dias. Alguns de meus filhos morreram. Eu trabalhava duro e consegui dar uma boa educação aos mais velhos. No entanto, agora que estou velhos as coisas saíram do meu controle", disse ao jornal ""Daily Mail".

Mengal tinha 18 anos quando se casou com sua primeira mulher. Depois disso, juntou os trapinhos mais cinco vezes. Além da morte de alguns de seus filhos, o paquistanês enviuvou duas vezes.

"Uma das mulheres morreu junto com o bebê. Ela estava doente e eu não tinha dinheiro. Eu não contava com a ajuda de ninguém e estava desempregado", contou.

O paquistanês trabalhou a vida toda como motorista de caminhão, atividade que ele exerce até hoje. Somente Mengal e seu filho mais velho estão empregados e precisam sustentar a família inteira. Todos vivem juntos em uma casa com sete quartos.

A maioria dos filhos tem menos de dez anos. A mais nova é a pequena Bibi Zainab de dois anos. Apesar das dificuldades financeiras, Mengal recusa qualquer tipo de ajuda.

"De algum jeito, consigo criar meus filhos", disse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos